0

Ronaldo Fenômeno dá a largada para a Copa do Mundo da Rússia

Antes da bola rolar para Rússia e Arábia Saudita no Estádio Lujniki, ídolo brasileiro foi um dos mestres de cerimônia do 21ª Mundial. Veja como foi o evento!

14 jun 2018
12h02
atualizado às 12h54
  • separator
  • comentários

Com pouco mais de 15 minutos de show do cantor britânico Robbie Williams, que apostou em seus hits e da cantora russa Aida Garifullina e a participação especial de Ronaldo Fenômeno aconteceu no fim da manhã desta quinta-feira, no Estádio Lujniki, em Moscou a cerimônia de abertura da Copa do Mundo de 2018. Como não poderia deixar de ser, a mascote Zabivaka também esteve presente.

Ronaldo na festa de abertura
Ronaldo na festa de abertura
Foto: JUAN MABROMATA / AFP / LANCE!

A cerimônia começou com voluntários colocando uma lona no campo e enfeitando os extremos do gramado. Aí, entraram 32 casais representando as seleções que estão na Copa e pequenos desfiles com bandeiras e roupas em alusão aos anfitriões. Robin Williams entrou e comandou a festa. Ronaldo, no fim, entrou em campo com um garotinho que protagonizou o vídeo de apresentando a Copa, trocaram passes e deram a bola para a mascote Zabivaka (em russo significa goleador).

Depois do rock, dançarinos entraram com o logo da Copa e os símbolos das seleções de Rússia e Arábia. Encerrando, o presidente russo Vladimir Putin:

- Russos amam futebol desde 1897, quando foi jogado pela primeira vez no nosso país e dou as boas vindas - disse, Putin lembrando que a competição mostrará que o russo é um povo amável e isso será visto nesta competição .

O primeiro evento
O cerimonial da abertura começou bem antes, com diversos pequenos eventos. O primeiro deles foi a apresentação da bola oficial, quando o Luzhniki não tinha 100 torcedores (muitos entravam e e ficavam passeando pelas lojinhas oficiais e quiosques dos patrocinadores antes de entrarem).

Russia chegando
Pouco depois a Rússia fez a protocolar entrada no gramado, ainda com a delegação de terno. Tchauzinho para uns poucos.

Teve Ibra
Ibrahimovic surgiu no campo para participar de um evento de um dos patrocinadores. Ganhou aplausos muito tímidos.

Momento de glória para a Arábia
Quando restava pouco menos de 90 minutos para o início da cerimônia oficial, a maior parte da torcida no estádio era de árabes. Perto de 500. Quase todos com a camisa verde. Quando a seleção chegou para o protocolo, eles aplaudiram muito seus jogadores.

Olha a taça
Aí foi a vez da entrada da taça. Chegou com o goleiro Casillas, numa caixa lacrada. O campeão de 2010 com a Espanha a ergueu para galera (ainda às moscas) e para os fotógrafos.

E tome vaia
Já com o estádio recebendo 25% de sua capacidade, os goleiros russos entraram para o aquecimento. Foram vaiados ( inclusive por alguns russos).

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade