3 eventos ao vivo

Fellipe Bastos brilha e Vasco vence Sport em São Januário

Volante teve uma das melhores atuações com a camisa cruz-maltina e comandou a vitória, por 2 a 0, sobre o Leão

13 ago 2020
22h08
atualizado às 22h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
(Rafael Ribeiro/Vasco)
(Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: LANCE!

Mesmo sem a torcida, o Vasco fez valer a força de São Januário e venceu o Sport, por 2 a 0, na estreia no Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira. Fellipe Bastos marcou os dois gols da equipe comandada por Ramon Menezes, na partida válida pela segunda rodada do torneio.

O Cruz-Maltino volta a campo, no próximo domingo, quando recebe o São Paulo, às 16h. No mesmo dia, o Leão viaja até Goiânia para enfrentar o Atlético-GO, às 19h. Ambas as partidas pela terceira rodada.

Começo com o pé direito

A orientação de Ramon Menezes para a partida era fazer valer o mando de campo e ter o domínio das ações. Assim foi feito e o Cruz-Maltino colocou em prática as ideias do treinador, sob o comando de Benítez, que deu início aos principais lances de perigo dos donos da casa. E em um desses lances, o argentino fez bela jogada individual pela esquerda e cruzou para a área. A bola sobrou para Fellipe Bastos que chegou como elemento surpresa e abriu o placar em São Januário.

"Nunca critiquei"

Contestado por parte da torcida, Bastos já vinha mostrando evolução desde a chegada do novo treinador. Confiante após o primeiro gol, o camisa 8 passou a se arriscar nas bolas paradas. Na primeira tentativa, mandou a bola na trave e, na segunda, cobrou com perfeição para ampliar o placar na Colina. Após o lance, a hashtag #nuncacritiquei era um dos assuntos mais comentados pelos vascaínos nas redes sociais. O Leão chegou a rondar a área do Vasco com Jonatan Gomez nas bolas paradas e Patric, mas sem efetividade.

Sem acomodação

Mesmo com a vantagem, o Vasco iniciou a segunda etapa sufocando o Sport, em chutes de Benítez, Bastos e Cano. O Sport tentava chegar no contra-ataque e nas bolas alçadas na área, mas esbarrava na organização do sistema defensivo dos donos da casa. A melhor chance foi uma cobrança de falta de Bruninho que obrigou Fernando Miguel a fazer grande defesa.

Nos minutos finais, Ramon e Daniel Paulista promoveram mudanças para renovar o fôlego das equipes. O Sport ensaiou uma pressão e chegou a mandar uma bola na trave, aos 40, com Bruninho, mas foi só. Nos acréscimos, Ronaldo Silva ainda foi expulso por agressão. O panorama não se alterou e o Vasco iniciou da maneira desejada a caminhada no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 0 SPORT

Data/Hora: 13/08/2020, às 20h (de Brasília)

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Gramado: Regular

Público/Renda: Portões fechados

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR) Nota L! - 6,5 - Controlou bem o jogo e não interferiu no resultado.

Auxiliares: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)

VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Cartões amarelos: Gabriel Pec, Andrey (VAS); Willian Farias, Marquinhos, Hernane (SPO)

Cartão vermelho: Ronaldo Silva (50'/2°T)

Gols: Fellipe Bastos (8´/1°T, 1-0 e 31´/1°T, 2-0)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu (Cayo Tenório, 10´/2°T), Ricardo Graça, Leandro Castan e Henrique; Fellipe Bastos (Bruno Gomes, 26'/2°T) e Andrey; Gabriel Pec (Lucas Santos, 30'/2°T), Benítez(Guilherme Parede, 30'/2°T) e Talles Magno (Marcos Júnior, 30'/2°T); Germán Cano. Técnico: Ramon Menezes

SPORT: Mailson, Patric, Adryelson, Maidana e Sander; Willian Farias, Betinho (Bruninho, 18´/2°T) e Jonatan Gomez; Marquinhos (Ronaldo Silva, 25'/2°T), Elton (Hernane, 25'/2°T) e Rafael (Lucas Venuto, intervalo). Técnico: Daniel Paulista

 

Veja também:

Tua, Daniel Jones e Lamar Jackson são brindados com opções para o jogo aéreo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade