8 eventos ao vivo

Felippe Cardoso, Caio Paulista, Luiz Henrique, Pacheco, Fred... Odair ganha opções no Fluminense

Treinador testa praticamente todos os atletas de frente nas últimas partidas e ganha alternativas para a sequência do Campeonato Brasileiro

16 out 2020
06h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Fluminense teve um crescimento ofensivo considerável nas últimas partidas. Apesar de ser a equipe que menos cria no Campeonato Brasileiro, o time de Odair Hellmann balançou a rede nos seis jogos anteriores. Com muitos desfalques e a necessidade de encontrar a formação ideal de um time que ainda tinha muita dificuldade para marcar, o treinador usou oito atacantes diferentes. O resultado foi a melhora no campo de ataque e novas alternativas para a competição.

Felippe Cardoso, Caio Paulista, Luiz Henrique, Pacheco e Fred são alternativas para Odair no ataque do Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Felippe Cardoso, Caio Paulista, Luiz Henrique, Pacheco e Fred são alternativas para Odair no ataque do Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Foto: Lance!

Luiz Henrique, Wellington Silva, Michel Araújo, Fred, Marcos Paulo, Felippe Cardoso, Fernando Pacheco e Caio Paulista receberam chances no período das últimas sete partidas do Flu, sendo seis no Brasileirão e uma na Copa do Brasil. Com números do site "SofaScore", o LANCE! mostra uma comparação de chances criadas por aqueles que atuavam pouco ou normalmente são reservas. Ou seja, exceto Araújo, Marcos Paulo e Wellington Silva.

Fernando Pacheco foi titular nas últimas quatro partidas do Fluminense, mas nesta última acabou saindo com apenas um minuto de partida após sentir a coxa. As duas primeiras finalizações dele foram apenas na última rodada, contra o Bahia, quando acertou um chute na trave e outro fora do gol. Contra o Coritiba, quando saiu do banco e atuou por 21 minutos, teve uma finalização no alvo. Na derrota para o Sport, ele também deu um chute para fora.

Felippe Cardoso não finalizou contra Sport, Botafogo e Atlético-MG (teve um gol anulado). Ele chutou para fora duas vezes contra o Atlético-GO e uma contra o Goiás. Teve ainda uma finalização bloqueada na vitória sobre o Bahia. Na partida em que fez o segundo gol pelo Flu, contra o Coritiba, na goleada por 4 a 0, ele ficou 30 minutos em campo tendo a finalização no alvo, uma para fora e uma bloqueada. A partida contra o Galo foi apenas a quarta dele como titular. O jogador chegou a estar fora dos planos do clube.

Autor do gol contra o Atlético, seu primeiro como profissional, Caio Paulista foi titular apenas uma vez, no jogo de volta contra o Unión La Calera, e chegou a ser o reserva mais utilizado por Odair no Fluminense. Na última partida, ele teve duas finalizações no alvo, uma para fora e uma bloqueada. Nas outras partidas, contra Botafogo (oito minutos em campo), Goiás (45 minutos) e Bahia (14 minutos), não chutou. Nas partidas anteriores estava lesionado.

Quem ganhou a vaga no time titular foi o veterano Fred. Poupado contra o Atlético-MG, o jogador ocupou a vaga deixada por Evanilson e mostrou que pode ser útil ao Tricolor. Contra o Bahia, teve um chute para fora. Na goleada em cima do Coritiba, chutou uma no alvo e outra para fora. No clássico com o Botafogo foram duas tentativas em direção ao gol. Ele, inclusive, participou do gol do Flu, mas o lance acabou sendo dado contra. Quando marcou contra o Goiás, teve também uma finalização bloqueada na partida. O camisa 9 não participou das partidas com o Sport e o Atlético-GO.

O caso de Luiz Henrique é diferente dos companheiros pois o jovem testou positivo para Covid-19 e não era titular desde a eliminação para o Atlético-GO pela Copa do Brasil, mas vinha ganhando espaço. Contra o Bahia, ele jogou por 12 minutos e não chegou a chutar, dando apenas dois dribles. Já nos 70 minutos no empate com o Atlético-MG, foi uma finalização para fora e a assistência para Caio Paulista marcar. Taticamente o atacante foi mais importante do que os números mostram e um dos destaques do confronto.

Para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro, no sábado, contra o Ceará, Odair terá à disposição quase todas as opções para o ataque. Michel Araújo é aguardado pois está em transição para os treinos, assim como Wellington Silva. Fred retorna após ser poupado. Fernando Pacheco ainda passará por exames. A partida será às 19h no Maracanã.

Veja também:

Colunista do L! critica perseguição por parte da torcida do Corinthians ao goleiro Cássio
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade