0

Felipe Melo sobre semanas livres do Verdão: 'Sem vencer, para que serve?'

Palmeiras jogará nesta quinta-feira, contra o Melgar, no Peru, depois de exatos 15 dias sem entrar em campo, e volante diz que utilidade só será comprovada com resultado da partida

24 abr 2019
17h09
atualizado às 18h11
  • separator
  • comentários

Nesta quinta-feira, ao entrar em campo para enfrentar o Melgar, no Peru, pela Libertadores, às 23h (de Brasília), o Palmeiras encerrará um período de 15 dias sem atuar. Ao longo desse período, os jogadores ressaltaram o tempo como importante para o técnico Luiz Felipe Scolari trabalhar alternativas na equipe. Mas Felipe Melo é mais direto: só valeu a pena se o time vencer.

Volante destacou o aspecto decisivo da partida desta quinta-feira para o Palmeiras (Agência Palmeiras/Divulgação)
Volante destacou o aspecto decisivo da partida desta quinta-feira para o Palmeiras (Agência Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

- O que todos os atletas entrevistados respondem é: 'Não, foi ótima essa situação, muito bom fisicamente, para isso e aquilo'. Mas vamos saber se foi bom realmente depois do jogo. Se vencermos, mil maravilhas. Se não vencermos, 'nossa, para que serviram essas duas semanas?' - afirmou o camisa 30, já em Arequipa, cidade do confronto desta quinta-feira, com a delegação.
O último compromisso do Palmeiras também foi pela Libertadores: no dia 10, no Allianz Parque, bateu o colombiano Junior Barranquilla por 3 a 0. De lá para cá, o espaço na agenda ocorreu devido à eliminação nas semifinais do Campeonato Paulista, para o São Paulo, nos pênaltis, no último dia 7.

Com esse tempo todo em preparação visando o Melgar e o Campeonato Brasileiro, que começa neste fim de semana, o Palmeiras se sente pronto para o que encontrar. Seja um rival que precisa vencer para evitar a eliminação na Libertadores ou até mesmo uma altitude de 2300 metros acima do mar, de acordo com Felipe Melo, que deu entrevista coletiva nesta quarta-feira.

- Trabalhamos bastante, nos dedicamos bastante e estamos bem preparados. Esperamos, realmente, fazer tudo o que fizemos nos últimos dias treinando. A altitude é tranquila. Não é muito. Não creio que é desculpa para nada. Será um jogo difícil, mas temos condições de sair com a vitória - indicou.

- Precisamos de, no mínimo, um ponto para nos classificarmos. É claro que a nossa ideia é classificar em primeiro e, para isso, a caminhada é um pouco mais longa, precisamos vencer os dois jogos que restam. Vamos encarar como uma final de campeonato. O Melgar é um time que precisa vencer para classificar e sabemos que vai nos criar dificuldade.

O Palmeiras figura em segundo lugar no Grupo F da Libertadores, com nove pontos, um abaixo do argentino San Lorenzo e cinco acima do Melgar. O Verdão se garante nas oitavas de final se empatar no Peru, mas, para continuar dependendo só de si para terminar esta fase na liderança de sua chave, precisa vencer. O time de Felipão encerra sua participação nesta etapa recebendo o San Lorenzo no dia 8, no Allianz Parque - nesta quinta-feira, os argentinos visitam o Junior Barranquilla, na Colômbia.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade