0

Felipão e Deyverson podem pegar penas pesadas nesta segunda-feira

Técnico e centroavante do Palmeiras serão julgados pelo TJD-SP por desrespeito à arbitragem e cuspe em rival, respectivamente, no Dérbi ocorrido no último dia 2

11 fev 2019
11h14
  • separator
  • comentários

Às 20h desta segunda-feira, no Pacaembu, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras enfrenta o Bragantino. Mas, pouco antes, por volta das 17h30, será anunciada uma decisão que pode comprometer Luiz Felipe Scolari e Deyverson. Técnico e centroavante passarão por julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) por conta de problemas na derrota para o Corinthians, no último dia 2, e há o risco de longo gancho para ambos.

Atacante e treinador serão julgados pelo TJD-SP no final da tarde desta segunda-feira (Agência Palmeiras/Divulgação)
Atacante e treinador serão julgados pelo TJD-SP no final da tarde desta segunda-feira (Agência Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

O técnico está enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões". A suspensão prevista é de uma a seis partidas.Pesou contra Felipão o registro na súmula do árbitro Luiz Flavio de Oliveira, que destacou o comandante do Verdão lhe dizendo "Parabéns! Você é maravilhoso para apitar nossos jogos". O comentário surgiu porque o ex-árbitro Paulo César de Oliveira, irmão de Luiz Flavio, já processou Scolari . Por isso, o treinador admitiu que o clube pediu para outro juiz apitar o Dérbi.

- Uma vez falei sobre arbitragem e fui processado, todos sabem por quem, a Federação sabe, tivemos uma reunião com a Federação semana passada para que, em virtude do processo, nós gostaríamos de não ter esta arbitragem, e a Federação o colocou. Ela vai dizer se a arbitragem foi boa ou ruim, tenho de me preocupar com as coisas que não fizemos corretamente - afirmou Felipão depois da partida.

Já Deyverson tinha sua situação prevista. O atacante, expulso depois de cuspir em Richard, foi denunciado no artigo que fala especificamente do ato, o 254-B do CBJD. A punição prevista é de seis a 12 partidas, o que comprometeria a atuação do jogador até uma eventual segunda final do Paulista, no caso de pegar a pior pena.

Internamente, o camisa 16 recebeu uma multa de R$ 350 mil da diretoria. O centroavante, que já cumprirá suspensão automática na segunda-feira, contra o Bragantino, foi cobrado em reunião com o diretor de futebol Alexandre Mattos, na terça-feira da semana passada.

Deyverson já cumprirá suspensão automática nesta segunda-feira e, caso Felipão seja punido, ficará fora do banco de reservas do Palmeiras diante do Bragantino. O clube optou por não pedir para adiar o julgamento porque a ideia é que, se forem penalizados, cumpram tudo ainda durante a primeira fase do Campeonato Paulista.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade