3 eventos ao vivo

Federação Gaúcha de Futebol considera interromper estadual

FGF marcou o encontro dos clubes que disputam a primeira divisão para a manhã dessa segunda-feira (16)

16 mar 2020
09h40
atualizado às 10h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A pressão exercida pelos dois principais clubes do estado no último domingo (15) se posicionando contra a sequência do Campeonato Gaúcho parece ter feito a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) abordar o tema da pausa em razão do COVID-19 com mais afinco.

Foto: Divulgação/FGF
Foto: Divulgação/FGF
Foto: LANCE!

Na manhã dessa segunda-feira, 16, os representantes das equipes que disputam o Gauchão se reúnem com integrantes da Federação para decidirem se haverá ou não a paralisação do torneio que encerrou a sua terceira rodada do segundo turno.

Pensando unicamente na questão técnica, a opinião dada na manhã do último domingo pelo diretor médico da FGF, Ivan Pacheco, é de que não existiam evidências que levasse a obrigatoriedade da paralisação no último fim de semana.

"Hoje (domingo) não teria motivo técnico para suspender o Campeonato Gaúcho, a não ser tirar a torcida do estádio. Mas amanhã (segunda) pode ser tudo diferente. Pode mudar de um dia para o outro. Se parar, tecnicamente os clubes têm que parar também. Os jogadores não podem treinar, ir a shopping, igreja, lugares onde há grandes aglomerações. Se não houver mudanças nos boletins epidemiológicos, meu posicionamento será esse. Mas vai ser uma decisão em comum acordo", disse.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Foto: LANCE!

Em relação a Grêmio e Internacional, o posicionamento foi bastante assertivo no sentido da necessidade de pausa tanto por parte de jogadores como também dos técnicos Eduardo Coudet e Renato Portaluppi. Seguindo a linha, aliás, que já foi adotada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em relação aos torneios nacionais.

Veja também:

Vai ter jogo? Editor do L! analisa imbróglio na partida entre Palmeiras e Flamengo pelo Brasileirão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade