0

Fábio, próximo dos 900 jogos pelo Cruzeiro, elogia trabalho de Enderson

O treinador conta com o apoio do goleiro, jogador que mais vestiu a camisa celeste. Marca deverá ser batida ainda este ano

7 jul 2020
20h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos pilares do atual elenco do Cruzeiro, ídolo da torcida e o jogador com mais partidas na história da Raposa, o goleiro Fábio elogiou bastante o trabalho desempenhado por Enderson Moreira.

-O Enderson tem um estilo mineiro, mas na hora certa também tem o momento de linha dura, de impor o que é correto dentro dos treinamentos e acho que fluiu muito bem com as características do Cruzeiro e do grupo de jogadores que ele tem hoje. A gente vê a qualidade dos treinamentos que ele vem passando e a dedicação dos atletas. Estamos evoluindo a cada semana e isso com certeza vai se refletir dentro dos jogos, para que a gente possa recuperar os seis pontos que nós perdemos e colocar o Cruzeiro novamente na primeira divisão-disse.

E, a parceira com Enderson pode render, em breve, outra marca expressiva para o arqueiro: chegar a 900 jogos vestindo a camisa celeste. Até o momento, o goleiro entrou em campo em 883 partidas, contando as duas chegadas à Raposa, no ano 2000 e em 2005, quando virou o titular absoluto da meta estrelada. Fábio ressaltou a proximidade de marca dos 900 jogos, o que, para ele, era inimaginável no seu início de carreira na equipe cinco estrelas.

Fábio fez elogios ao trabalho de Enderson Moreira no Cruzeiro , vendo evolução da equipe nos treinos-(Bruno Haddad/Cruzeiro)
Fábio fez elogios ao trabalho de Enderson Moreira no Cruzeiro , vendo evolução da equipe nos treinos-(Bruno Haddad/Cruzeiro)
Foto: Lance!

-É difícil você ter uma dimensão da grandeza desse número. Quando eu retornei para o Cruzeiro eu pensava em jogar em alto nível e conquistar títulos, por isso a escolha que eu fiz em voltar para o Cruzeiro, dentre as outras equipes que se interessaram em mim. O Cruzeiro sempre foi a prioridade, porque eu vivenciei 2000 e antes do meu retorno (em 2005) eu vi aquela equipe de 2003 ganhando tudo. Eu já conhecia a estrutura, a história e meu objetivo era retornar um dia´- disse, que emendou:

-E nesse retorno eu queria jogar em alto nível, mas nunca imaginei que poderia alcançar essas marcas. Via que era uma coisa muito difícil. Permanecer titular no Cruzeiro a cada ano é algo muito difícil. Estou muito perto dessa marca de 900 jogos, que era uma coisa inimaginável e Deus me deu essa oportunidade de se tornar real- finalizou o camisa da Raposa que deverá estar em campo no dia 26 de julho, pela 10ª rodada do Estadual, que volta a ser disputado,contra a URT, em casa, mas ainda sem horário e local definidos.

Veja também:

Vai ter Dérbi! Editor do L! projeta final do Paulistão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade