0

Ex-dirigente do Inter relembra 'virada' no histórico do Gre-nal e sequência de vitórias sobre o Grêmio

Executivo de futebol colorado na época, Newton Drummond chegou ao clube com um jejum ainda maior que o atual

3 ago 2020
14h57
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A próxima quarta-feira reservará mais um clássico entre Grêmio e Internacional. O Gre-nal de número 426 será a oportunidade para que a equipe colorada não só se confirme na final no Campeonato Gaúcho como também dar fim a um retrospecto extremamente incômodo: o de oito confrontos sem bater o maior rival.

Newton Drummond - Internacional (Foto: Site oficial)
Newton Drummond - Internacional (Foto: Site oficial)
Foto: Lance!

Contudo, o jejum colorado já foi muito maior e tirou o sono do torcedor. Entre 1999 e 2002, foram 13 partidas sem vencer o maior rival (oito derrotas e cinco empates). A quebra da invencibilidade gremista aconteceu no dia 9 de fevereiro de 2003, no Olímpico, em partida válida pelo Campeonato Gaúcho. A vitória por 2 a 1, com gols de Vinícius e Daniel Carvalho, para o Inter, e Luis Mário, para o Grêmio, foi o início da virada do Internacional.

Um dos dirigentes mais vitoriosos do futebol brasileiro e com quinze títulos pelo Colorado, Newton Drummond, que assumia o papel de executivo de futebol em 2002, recordou o início da virada do Internacional, que engatou uma sequência incrível de sete vitórias, dois empates e apenas uma derrota nos duelos seguintes.

- A mudança de mentalidade foi fundamental. Assumimos em um momento extremamente difícil. O clube foi quase rebaixado e a dificuldade vinha de todo o lado. Tínhamos que colocar ordem na casa. O trabalho foi muito grande: desde a montagem dos elencos, resolver questões burocráticas e conversas com os jogadores sobre a importância de defender uma camisa como a do Internacional. Felizmente, conseguimos reverter um retrospecto desfavorável - disse.

Entre o dia 9 de fevereiro de 2003 e o dia 1 de abril de 2006, muitas partidas ficaram na memória não só do torcedor colorado como também na de Newton Drummond.

- O nosso time teve algumas vitórias marcantes, com toda certeza. A vitória por 2 a 1, em 2004, pelo Brasileiro, que marcou o milésimo gol do confronto, feito pelo eterno ídolo Fernandão. Logo no jogo seguinte, vencemos por 2 a 0, no primeiro Gre-Nal por uma competição internacional. E, para finalizar, a vitória por 3 a 1, no Olímpico, no qual o time igualou o recorde de 1947, com cinco vitórias sobre o rival em uma mesma temporada - finalizou.

Veja também:

Dez jogos históricos do Flamengo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade