0

Ex-atacante do Paraná afirma que atraso salarial prejudicou o time na Série B

Jenison abriu o jogo e contou que os atletas não tinham dinheiro para colocar gasolina no carro

29 mai 2020
17h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A temporada 2019 foi repleta de altos e baixos no Paraná. A equipe que chegou a sonhar com uma volta à elite do futebol brasileiro caiu rendimento e viveu em meio a uma grande crise financeira.Um dos poucos destaques foi o atacante Jenison, que caiu nas graças da torcida por balançar as redes adversárias. Em conversa com o canal Resenha de Boteko, ele contou o relacionamento desgastado entre elenco e diretoria.

Foto: Geraldo Bubniak/Paraná
Foto: Geraldo Bubniak/Paraná
Foto: Lance!

'Era tudo bem complicado para receber. Toda semana tinha resenha de salário. Ninguém estava mais acreditando no que o presidente falava. Estava todo mundo bem indignado. O Rodolfo, zagueiro, que atualmente está no Coritiba, passou muita dificuldade. Tinha uma época que ele não tinha dinheiro para colocar gasolina e ir aos treinos', disse.

'Os atrasos nos prejudicaram bastante. Se não fosse isso, nós subiríamos, pois eramos melhores que outros times que subiram. Era um grupo correto e unido. A diretoria não conseguia resolver as pendências e davam justificativas muito vazias', analisou.

No fim, o Tricolor acabou na sexta colocação, com 56 pontos, seis a menos que o Atlético-GO, último time do G4.

Veja também:

Sucesso no campo e arrogância nos bastidores aumenta antipatia dos rivais sobre o Fla
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade