3 eventos ao vivo

Everton Ribeiro vê vexame em Quito como chave para 'virada' e fala de ensinamentos de Jesus e Dome

Meia e capitão do Flamengo comentou sobre a 'superação' do elenco depois de goleada sofrida diante do Independiente Del Valle, pela Libertadores

19 out 2020
15h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois do vexame sofrido em Quito, em derrota para o Independiente Del Valle por 5 a 0, o Flamengo encontrou uma chave para a "virada" e reencontrou os trilhos da vitória. Desde então, são nove jogos de invencibilidade, sendo sete vitórias e dois empates. E Everton Ribeiro realçou o rumo de triunfos que a equipe de Domènec Torrent tomou.

Everton Ribeiro vive grande fase no Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/CRF)
Everton Ribeiro vive grande fase no Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/CRF)
Foto: Lance!

- É muito bom desfrutar e jogar um futebol bonito e principalmente vencer. A gente procura melhorar. Tivemos uma derrota sofrida (para o Del Valle, pela Libertadores). Sentimos muito. Mas foi uma virada para focarmos e seguirmos em frente. Mudamos a situação e a sequência de jogos mostrou nossa superação. Temos muito pela frente, mas estamos no caminho certo - falou o camisa 7, em entrevista ao canal "SporTV".

Por falar em Dome, Everton Ribeiro falou sobre o catalão, quando questionado a respeito dos ensinamentos passados por ele e, antes, por Jorge Jesus - que foram essenciais para que, hoje, vista a camisa da Seleção Brasileira.

- O Jorge Jesus me ensinou muito. O trabalho que ele fez no Flamengo foi excepcional. Além de ser vitorioso, ele nos ensinou muito taticamente. Hoje, eu conheço mais o jogo. Isso me ajuda a achar espaços, pensar no melhor momento para dar um passe ou driblar. Aprendi com o Jorge Jesus e tenho aprendido com o Dome, que é outra maneira de jogar. Isso aumenta minhas alternativas.

'VAI SER BRIGADO ATÉ O FINAL'

Capitão do Flamengo, Everton Ribeiro também crê em disputa aberta pelo Campeonato Brasileiro, sobretudo, até as últimas rodadas. Ele justificou:

- Esse ano por conta da pandemia, o calendário ficou um pouco apertado. Jogamos quatro jogos em uma semana, isso dificulta qualquer time que quer ser campeão. As equipes adversárias se reforçaram, estão com grandes jogadores, grandes trabalhos sendo feitos. Acredito que esse ano vai ser brigado até o final e espero que dê Flamengo novamente - falou, emendando acerca da dura sequência de jogos do Rubro-Negro em outubro:

- O trabalho do Dome é muito difícil. Na última semana, a gente praticamente não treinou. Só jogou e descansou para poder estar recuperando o mais rápido possível. Então, ele vai mais na conversa, vai mostrando vídeos no quadro. Ele está conhecendo mais o elenco, o potencial de cada um. Ele sabe mudar uma peça pra alterar ali dentro do jogo o que ele quer. Isso facilita para ele e para a gente também. Acredito que a gente tem muito a evoluir com ele e dar um passo a frente em busca do título.

Neste momento, o Flamengo soma 34 pontos no Brasileiro, ocupando a segunda colocação. Mas o foco da vez é a Libertadores. Isso porque, nesta quarta, o time de Everton Ribeiro, já classificado, recebe o Junior Barranquilla, pela última rodada da fase de grupos. O jogo será 21h30, no Maracanã.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade