0

Estreia e gol da vitória: Dudu comemora nova fase no Figueirense

Cria do Vasco, o meia de 21 anos entrou no segundo tempo contra o América-MG e marcou o gol da vitória que tirou o time do Z4

21 set 2020
09h31
atualizado às 09h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Foi um resultado cheio de significados para o meia Dudu, um dia que jamais sairá da memória do jogador. Autor do gol da vitória do Figueirense sobre o América-MG, na noite deste sábado (19/09), pela Série B do Brasileirão, e logo na sua estreia, ele fez lembrar aquele garoto que era apontado como revelação nas categorias de base do Vasco.

Fernando Moreno/Figueirense
Fernando Moreno/Figueirense
Foto: Lance!

Recém-chegado, Dudu, de apenas 21 anos, foi relacionado pela primeira vez para um jogo do Figueirense. Acionado pelo técnico Elano aos 10 minutos do segundo tempo, não demorou a apresentar suas credenciais. Aos 15', tabelou com Keké e, de fora da área, acertou chute rasteiro e preciso no canto esquerdo do goleiro, o que acabaria por ser o gol da vitória, a primeira sob o comando do treinador.

'Esperei muito tempo por esse momento, batalhei e treinei demais, nunca desisti. O Figueirense abriu as portas pra mim e só quero retribuir. Fico muito feliz de ter entrado e ajudado a equipe. Temos um grupo muito bom e determinado, que merece coisas melhores. Juntos, vamos buscar a reação. Estamos trabalhando forte pra isso', desabafou o camisa 98.

Dudu é cria do Vasco, onde chegou em 2010, ainda aos 11 anos. Estreou nos profissionais com 19 anos, num jogo contra o Corinthians pelo Brasileirão 2018. Iniciou a temporada seguinte entre os titulares de Alberto Valentim, chegando a fazer três jogos e um gol pela Taça Guanabara. Acabou perdendo espaço num elenco muito inchado e, no início desse ano, foi emprestado ao Paraná, empréstimo repassado ao Figueirense neste mês.

'Infelizmente, tive poucas chances no Paraná, um clube pelo qual tenho muito carinho. Nunca faltaram dedicação e empenho da minha parte, mas não aconteceu. São obstáculos que a vida nos impõe e temos que saber superar, mas sempre acreditei em mim e tive o apoio da minha família e dos meus amigos. Quero viver o momento e ser feliz com o Figueirense'.

Com a vitória sobre o América-MG, o time deixou a zona do rebaixamento, subiu três posições e alcançou o 14º lugar, com 9 pontos.

Veja também:

Veja as principais revelações que saíram do CT do São Paulo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade