1 evento ao vivo

Esperança no atletismo, brasileiros avançam com ótimos tempos à semi

Aposta de medalha, ao lado do companheiro Rodrigo do Nascimento, Paulo André Camilo teve problema na eliminatória dos 100m após bloco de largada escorregar, mas fez 10s32

9 jul 2019
07h59
atualizado às 09h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Prova em que o Brasil tem suas maiores esperanças de ouro na Universíade, senão a maior, os 100m rasos do atletismo tiveram suas eliminatórias na segunda (8). Campeões mundiais com a equipe brasileira do revezamento 4x100m recentemente no Japão, Paulo André Camilo e Rodrigo do Nascimento estrearam disputando as eliminatórias no estádio San Paolo, em Nápoles, palco das disputas de atletismo dos Jogos Universitários.

Paulo André Camilo (azul) teve de fazer prova de recuperação para buscar vaga nos 100m (Thiago Parmalat/CBDU)
Paulo André Camilo (azul) teve de fazer prova de recuperação para buscar vaga nos 100m (Thiago Parmalat/CBDU)
Foto: Lance!

Como esperado, ambos garantiram vaga nas semifinais, que serão disputadas nesta terça-feira (9), a partir das 19h30 locais (14h30 de Brasília). Ainda assim, mesmo favoritos para avançarem nas classificatórias, não foi simples para os brasileiros. Paulo André teve um problema no início da prova, em que o bloco escorregou, e diz ter se sentido prejudicado. Apesar disso, acabou fazendo a segunda melhor marca no geral, com 10s32. Já Rodrigo ficou com o quarto melhor tempo, com 10s38.

- Me perdi um pouco. Foi um começo estranho. Agora é colocar a cabeça no lugar, me concentrar, porque amanhã (hoje) tem semi e final - disse o atleta, otimista para estar entre os oito finalistas da disputa por medalhas.

- Agora é virar a página. Estou feliz, mas queria ter começado melhor, mais confiante - finalizou Camilo, que ainda competirá na prova de 200m e do revezamento 4x100m.

Brasileira na semifinal dos 100m com sétima marca do geral

A brasileira Vitória Rosa irá disputar hoje as semifinais dos 100m com boas chances de chegar à finalíssima. Na classificatória ela venceu a sua bateria (a quarta de oito provas) com o tempo de 11s52, que lhe deu a sétima melhor marca no total das 24 classificadas. Além disso, ela possui a melhor marca na carreira (11s03) entre todas as semifinalistas. Nas semis serão três provas e avançam as duas primeiras de cada corrida e mais duas pelo melhor tempo.

Brasileira na semifinal dos 400m com barreiras com sexto melhor tempo

Com 57s66, a brasileira Marlene Santos se classificou para a disputa das semifinais dos 400m com barreira com o sexto melhor tempo entre as 26 competidoras. As semis acontecem nesta terça-feira a partir das 18h locais (14h de Brasília). Para a final de amanhã se classificam as três primeiras colocadas de cada uma das duas séries e mais os dois melhores tempos no geral.
Marlene Santos nos 400m com barreiras (Thiago Parmalat/CBDU)

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade