0
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Entre o céu e o inferno: São Paulo encara jogos decisivos

Duelos contra CSA, pela Copa do Brasil, e Santos, pelo Paulistão, podem trazer mais pressão para o elenco do Tricolor ou, em caso de triunfo, levar paz para o CT da Barra Funda

14 fev 2018
06h52
atualizado às 09h54
  • separator
  • comentários

O São Paulo terá uma semana decisiva pela frente, que pode aumentar a pressão em cima do elenco ou dar tranquilidade até a chegada do mata-mata do Paulistão. Na próxima quinta (15), o Tricolor encara o CSA, de Alagoas, pela Copa do Brasil. Três dias depois, no domingo (18), a equipe fará seu primeiro clássico da temporada jogando no Morumbi, contra o Santos. Os resultados em ambas as partidas definirão o termômetro no clube pelo resto do mês.

Apesar das três vitórias seguidas, o técnico Dorival Júnior ainda encontra resistência por parte da torcida (Érico Leonan/saopaulofc.net)
Apesar das três vitórias seguidas, o técnico Dorival Júnior ainda encontra resistência por parte da torcida (Érico Leonan/saopaulofc.net)
Foto: LANCE!

Caso seja eliminado da competição nacional para o atual campeão da Série C do Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrentará um clima hostil no retorno à capital paulista. Afinal, uma eliminação precoce no único torneio que o Tricolor ainda não possui em sua salta de troféus será vista como um vexame.

Soma-se a isto o fato do trabalho do técnico Dorival Júnior ainda não ter sido totalmente aceito pelos torcedores, que se dividem nas opiniões sobre a atual qualidade do futebol apresentado pelo São Paulo. Embora tenha vencido os três últimos jogos sem nem sequer ter sofrido gols, o Tricolor ainda não convenceu nesta temporada.

Depois de perder o primeiro clássico do ano para o rival Corinthians, no Pacaembu, os tricolores ainda exigem o triunfo diante do clube da Vila Belmiro no próximo fim de semana. Em caso de um novo deslize, desta vez no San-São, o trabalho da comissão técnica passará a ser posto em xeque e o clima, certamente, será dos piores no CT da Barra Funda.

Por outro lado, duas vitórias seguidas em dois compromissos importantes garantirão uma tranquilidade que o São Paulo desconhece há tempos. Depois de brigar contra o rebaixamento durante quase todo o segundo semestre do ano passado, o Tricolor não teve um bom início nas duas primeiras rodadas do Paulistão e a desconfiança não deixou de rondar o clube do Morumbi.

Se vencer o CSA e o Santos, o São Paulo terá cinco vitórias na sequência - algo que não acontece desde 2013, quando a equipe venceu Bahia, Universidad Católica (CHL), Internacional, Atlético Nacional (COL) e Portuguesa pelo Brasileirão e Copa Sul-Americana, entre outubro e novembro daquele ano. Seria o cenário perfeito para o elenco poder se preparar para a fase mata-mata do Paulistão com o tão sonhado sossego.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade