3 eventos ao vivo

Empresário cobra R$ 93 mil de Sheik por calote em aluguel

Jair Fenicio entrou na Justiça contra ex-jogador e reclama que preço que teria sido acordado por casa de verão não foi depositado por Sheik. Valor chega a cerca de R$ 100 mil

8 jan 2020
14h20
atualizado às 14h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Emerson Sheik foi campeão da Libertadores e do Mundial pelo Corinthians, em 2012 (Foto: Daniel Vorley/AGIF)
Emerson Sheik foi campeão da Libertadores e do Mundial pelo Corinthians, em 2012 (Foto: Daniel Vorley/AGIF)
Foto: LANCE!

O ex-jogador Emerson Sheik está sendo processado pelo empresário Jair Felicio por dívidas após o aluguel de uma casa no condomínio Aquarius House, em Mangaratiba. Empresário do universo da hotelaria, Jair reclama da falta de pagamentos que foram acordados por telefone, além de contas da residência.

A filha do empresário é amiga de Sheik e teria ajudado no contato para o aluguel da casa. No início de fevereiro de 2018, Sheik chegou à casa, e o acordo feito por Whatsapp não teria preocupado o empresário. As informações são do jornal O Dia.

Além do valor de R$ 8 mil mensal, Jair ainda cobre condomínio, taxas extras, contas e encargos trabalhistas de uma funcionária. Sheik deixou a casa em agosto de 2019, no entanto, ele demorou dois meses para devolver as chaves.

O proprietário identificou, então, alguns danos na casa. O valor atual cobrado por Jair Felicio é de R$ 93 mil e a primeira audiência de conciliação será no dia 31 de março.

Veja também: 

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade