0

Em pior fase na temporada, Borussia tenta se superar na Champions

Jogadores em baixa, Bayern igualando pontuação no Alemão, eliminação na Copa da Alemanha: assim vai o Dortmund para tentar reverter desvantagem de 3 a 0 contra Spurs

4 mar 2019
09h31
atualizado às 10h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Em seu pior momento na temporada, o Borussia Dortmund tem a difícil tarefa de reverter um 3 a 0, contra o Tottenham, para seguir na Liga dos Campeões e se classificar às quartas de final. Com os seus principais jogadores em baixa, os Aurinegros vão ter que superar a atual ruim sequência de jogos.

A equipe de Lucien Favre, além de sofrer o 3 a 0 para o Tottenham, foi eliminada da Copa da Alemanha e, na última rodada do Alemão, perdeu para o Augsburg (2 a 1) e viu o rival Bayern de Munique igualar a pontuação de 54 pontos.

O Borussia Dortmund nunca venceu o Tottenham na Liga dos Campeões (Foto: Timm Schamberger / AFP)
O Borussia Dortmund nunca venceu o Tottenham na Liga dos Campeões (Foto: Timm Schamberger / AFP)
Foto: Lance!

PARA ESQUECER FEVEREIRO

Fevereiro não foi bom para o Borussia (Foto: AFP)

O mês de fevereiro foi muito ruim para o Borussia Dortmund. Foram seis jogos, com quatro empates, uma derrota e uma vitória, o que proporcionou a aproximação do Bayern de Munique na tabela. A única derrota foi o 3 a 0 contra o Tottenham.

OS NÚMEROS

O Borussia viu a aproximação do Bayern na tabela do Alemão (Foto: Sascha Schuermann/ AFP)

Antes da sequência ruim, o Borussia tinha vencido o Hannover 96 por 5 a 1, em uma grande exibição, com gols de Guerreiro, Reus, Gotze, Witsel e Hakimi. Na ocasião, o Dortmund estava com 48 pontos, seis a mais que o Bayern. Agora, as equipes empatam com 54 pontos.

ELIMINAÇÃO

Wolfsburg eliminou o Dortmund na Copa da Alemanha (Foto: AFP)

Nesse período, o Borussia foi eliminado na Copa da Alemanha pelo Wolfsburg, nas oitavas de final. O empate por 1 a 1 levou o jogo para a prorrogação. Pulisic marcou, mas Pizarro empatou. Na sequência, Hakimi recolocou o Dortmund na frente, porém, no último minuto, Harnik levou o jogo para os pênaltis. Nas penalidades, os visitantes foram melhor e eliminaram os Aurinegros.

A DERROTA

Son foi o destaque do jogo de ida (Foto: Adrian Dennis / AFP)

O desempenho piorava conforme a pressão aumentava. Com a aproximação do Bayern e a eliminação, o Borussia foi para a Inglaterra com um ambiente ruim. Em Londres, o Tottenham foi superior e abriu o placar com Son. Vertonghen e Llorente marcaram faltando dez minutos para o fim, o que aumentou a melancolia do clube alemão.

AMARGA

Augsburg venceu o Dortmund na última rodada do Alemão (Foto: Ina Fassbender/ AFP)

O Borussia vai da pior maneira para o jogo de volta da Champions. Na última rodada do Alemão, a equipe perdeu para o Augsburg por 2 a 1 e, com a vitória de 5 a 1 do Bayern sobre o Monchengladbach, viu o principal rivar igualar a pontuação na liderança. Contra os Spurs, o Borussia vai entrar em campo vivendo o pior momento de sua temporada.

RENDIMENTO RUIM

Reus e Sancho estão com rendimento abaixo (Foto: AFP)

O que pode explicar o momento é o baixo rendimento de seus principais jogadores. Nos últimos sete jogos, Reus marcou dois gols, sendo que antes dessa sequência eram 15 gols feitos. A jovem revelação Jadon Sancho também teve queda de rendimento, com dois gols e duas assistências. Sendo que, antes, seu número era de sete gols e 12 assistências. Um dos artilheiros, Alcácer marcou apenas um gol.

FREGUESIA

Borussia é freguês do Tottenham (Foto: Adrian Dennis / AFP)

Além da fase ruim da equipe e dos resultados ruins, o Borussia nunca venceu o Tottenham na Liga dos Campeões. São três partidas e três derrotas, com sete gols sofridos. Em toda a história, são cinco jogos, com mais duas vitórias para o Dortmund e nenhum empate.

INSPIRAÇÃO

Reus é a esperança do Borussia (Foto: Reprodução)

Para superar isso tudo, o Borussia tem que se inspirar no ano de 2016, quando, pela Liga Europa, na primeira fase, venceu o Tottenham, por 3 a 0. Reus foi a estrela da partida, com dois gols e permanece no elenco desta temporada. Além do atacante, Bürki (na época reserva, hoje titular), Schmelzer e Piszczek também permanecem. Os dois últimos, porém, estão machucados.

*sob a supervisão de Leonardo Martins

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade