1 evento ao vivo
Logo do Fluminense
Foto: terra

Fluminense

Em nova fase, Marcos Junior está a um gol de igualar melhor ano pelo Flu

Diante do Atlético-PR, no último domingo, atacante tricolor fez o oitavo gol na temporada. Em 2016, o "Kuririn" balançou a rede nove vezes, recorde até aqui

23 mai 2018
06h43
  • separator
  • comentários

O gol sobre o Atlético-PR - o segundo na vitória do Fluminense por 2 a 0 -, deixou Marcos Junior muito perto de alcançar o melhor ano no Tricolor no que diz respeito a bola na rede. Cria das categorias de base, o atacante chegou aos profissionais em 2012 e, desde então, o recorde pessoal são nove gols na temporada, número alcançado em 2016. Nesta temporada, porém, já balançou a rede em oito oportunidades, tendo ainda mais 32 rodadas do Campeonato Brasileiro pela frente e a Sul-Americana, competição que o time de Abel Braga passou à segunda fase.

Marcos Junior brigou por artilharia do Carioca neste ano (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE)
Marcos Junior brigou por artilharia do Carioca neste ano (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE)
Foto: LANCE!

Titular neste ano, Marcos Junior conseguiu uma boa sequência de atuações, algo que vinha lutando para ter. Em 2016, foram nove gols em 55 jogos, tendo uma média de 0,16 gols por jogo. Já em 2018, são oito gols em 21 jogos, com média de 0,38 gols/jogo.

No Campeonato Carioca, Marcos Junior chegou a brigar pela artilharia, mas terminou com seis gols (ao lado de Pipico, do Macaé, e Brenner, do Botafogo), perdendo para o companheiro Pedro, que fez sete.

- O Marcos Júnior deixou de ser o jogador dos últimos 20, 30 minutos. Está difícil jogar os 90, porque se movimenta muito. Mas deixou de ser o que só entrava e está sendo protagonista - disse Abel Braga, em entrevista em março.

Em 2012, primeiro ano como profissional, o "Kuririn" fez três gols (0,12 de média) e, em 2013, dois (média de 0,11). Na temporada seguinte, esteve emprestado ao Vitória, mas não balançou a rede pela equipe do Barradão e, pelo Flu, fez um gol (0,06 gols/jogo). Em 2015, foram sete (0,18) e, ano passado, cinco (0,09).

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade