5 eventos ao vivo

Em fim de mandato após eleições do Vasco, Campello agradece aos grupos políticos apoiadores

Atual presidente do Cruz-Maltino vive as últimas semanas como representante maior do clube. Ele ficou em quarto lugar no pleito do último dia 7 e não concorreu no último sábado

15 nov 2020
17h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Passada a segunda votação para presidente do Vasco, agora brevemente reconhecida pelo site oficial do clube (o que não ocorreu na primeira), o atual mandatário cruz-maltino se manifestou. Em tom de despedida após ter sido quarto colocado no pleito vencido por Luiz Roberto Leven Siano e retirado candidatura para a votação na qual Jorge Salgado foi o primeiro colocado, Alexandre Campello agradeceu aos grupos que o apoiaram.

Alexandre Campello viveu três anos de enorme intensidade política no Cruz-Maltino (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Alexandre Campello viveu três anos de enorme intensidade política no Cruz-Maltino (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Lance!

- Deixo um agradecimento público ao "Movimento Time da Virada", "Unidade Vasco" e "Cruzada Vascaína" pela lealdade que demonstraram à gestão, especialmente nesse processo eleitoral do Vasco. Outras pessoas também foram igualmente importantes nesse sentido, mesmo sem pertencer a um grupo político - afirmou, por meio de sua conta no Twitter, neste domingo. E emendou num fio:

- Honestidade é apreciada, confiança é conquistada, lealdade é retribuída e respeito é merecido. Aos rapazes do "Movimento Time da Virada", obrigado por tudo. Em meio ao caos político do nosso clube, vocês, em silêncio, mostraram que podem fazer diferente quando o assunto é amor ao Vasco. Ao "Unidade Vasco", vocês fizeram jus ao nome do grupo. Se mantiveram unidos e firmes em seu propósito. Não abdicaram um só instante do incansável trabalho de defender o Vasco da Gama. Meu muito obrigado a cada um de vocês - publicou no microblog antes de encerrar:

- Por fim, deixo um agradecimento à "Cruzada Vascaína". Convivi de perto com algumas pessoas do grupo e pude atestar o comprometimento de vocês com o nosso Vasco. O trabalho árduo e diário ajudou bastante a gestão nessa missão de estar à frente do clube - finalizou.

Campello vive suas últimas semanas na cadeira da presidência. Ainda não está claro como se dará a transição de poder, uma vez que há um imbróglio judicial em torno do processo eleitoral deste ano. Jorge Salgado e Leven Siano venceram pleitos diferentes.

Veja também:

Estudo mostra os clubes que mais faturaram grana da TV de 2010 a 2019
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade