4 eventos ao vivo

Em busca do tri, Gabriel Medina inicia preparação para o Mundial

No CT do Time Brasil, bicampeão mundial segue forte para começar as disputas, conquistar mais um título e projeta Tóquio-2020: 'Me sinto 100% para começar temporada'

14 mar 2019
16h25
  • separator
  • 0
  • comentários

O bicampeão mundial Gabriel Medina iniciou a preparação para a temporada no Centro de Treinamento Time Brasil, administrado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), no Rio de Janeiro. Durante 15 dias, Medina contou com toda estrutura do CT do COB, incluindo a Sala de Força e Condicionamento e o Laboratório Olímpico, onde foram realizadas uma série de avaliações científicas, cujos dados servirão para melhora de performance e prevenção de lesões do surfista.

Gabriel Medina destaca preparação para a Olimpíada 2020 (Foto: Divulgação/COB)
Gabriel Medina destaca preparação para a Olimpíada 2020 (Foto: Divulgação/COB)
Foto: Lance!

- Essa preparação de praticamente duas semanas no CT Time Brasil foi bem intensa. Tive que trabalhar bastante fora d´água nestes dias e hoje estou surfando, para ver como estou dentro da água. Foi tudo diferente para mim. Essa experiência, na real, é uma oportunidade que poucos caras têm e estou tentando aproveitar ao máximo. Treinei bastante, me esforcei e fiz vários exames. Tenho certeza que os resultados vão ser bons. Me sinto 100% para começar a temporada - avaliou.
Nos próximos dias, Gabriel Medina embarca para a Austrália, onde disputa a primeira etapa da temporada, em Gold Coast, em abril.

- Todos esses detalhes fazem diferença na minha performance. São detalhes que nunca tive acesso na vida. Vou poder melhorar o que eu tenho de ruim. Eu sempre procuro melhorar e isso é fundamental. Está sendo uma experiência incrível - disse.

O paulista de Maresias já pensa na Olimpíada de Tóquio, que será realizada em 2020, no Japão. O surfista confirmou que deseja representar o Brasil na competição.

- Estou indo agora para Austrália para a primeira etapa do circuito, mas com bastante foco nos Jogos Olímpicos. É o começo de um trabalho longo e duro, mas que começamos aqui. Quero estar em Tóquio representando o Brasil. Falta pouco, cada dia que passa falta menos, então agora é continuar esse trabalho, treinar e buscar a classificação. Se Deus quiser, a gente se vê no Japão - projetou.

O treinador considera que Medina, com 25 anos, ainda não chegou ao auge e que ainda tem uma longa carreira pela frente. Ele pretende dar continuidade à parceria com o COB para o desenvolvimento do atleta.

- O Gabriel é um surfista diferente. Não à toa é bicampeão mundial e praticamente lidera o esporte nos últimos cinco anos. Ele sempre foi um atleta e nada melhor do que vir buscar o que há de melhor no Brasil hoje, que é o que o COB oferece em termos de estrutura, tecnologia, tudo que há de melhor no esporte - definiu o treinador.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade