3 eventos ao vivo

Em boa fase, Pamela Mara fala de expectativa para disputa de título no SFT 22: 'Pronta para o que vier'

Embalada por vitórias, Pamela 'Mara' Assis vai fazer a luta principal do SFT 22 - Outubro Rosa III, em disputa de cinturão peso-palha contra Andreia Serafim; veja a entrevista:

21 out 2020
09h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Marcado para acontecer no próximo dia 31 de outubro, o SFT 22 vai marcar a terceira edição do Outubro Rosa, que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e, mais recentemente, sobre o câncer de colo do útero. O main event do card terá a disputa de cinturão peso-palha, onde Andreia Serafim e Pamela "Mara" Assis vão medir forças visando o tão disputado título da categoria.

Pamela Mara vai disputar cinturão peso-palha contra Andreia Serafim (Foto: Edu Rocha/SFT)
Pamela Mara vai disputar cinturão peso-palha contra Andreia Serafim (Foto: Edu Rocha/SFT)
Foto: Lance!

As duas atletas vêm de duas vitórias consecutivas na organização, o que aumenta ainda mais a expectativa para o confronto. Pamela Mara, por sinal, venceu Ana Carolina Nascimento por nocaute e Jaqueline Jaensch na decisão unânime até chegar ao "title shot". Lutadora profissional de MMA desde 2015, a casca-grossa possui quatro vitórias, duas derrotas e um empate em seu cartel na modalidade, e agora, prestes a fazer a luta mais importante em sua carreira, destacou que está pronta para conquistar o título de uma das maiores organizações da América Latina.

- Comecei no MMA em 2015 e, de cara, peguei duas atletas experientes, onde tive as minhas primeiras derrotas. Mas essas derrotas fizeram com que eu passasse a observar o MMA de um modo diferente, fez eu procurar evoluir nas minhas dificuldades, e assim eu estou construindo as minhas vitórias desde então. Após entrar no SFT, eu almejei o cinturão e hoje estou muito feliz por poder disputar o título que tanto almejei desde que passei a lutar pela organização - destacou Pamela.

O SFT 22 - Outubro Rosa III, vale ressaltar, terá seu card principal transmitido em TV aberta pela "Band TV" a partir das 23h45 (horário de Brasília), e o card preliminar nas redes sociais e YouTube da organização.

Confira a entrevista na íntegra com Pamela Mara:

- Qual análise você faz da sua passagem pelo SFT até o momento?

Após dois anos sem lutar MMA, voltei logo de cara com uma grande vitória no SFT, justamente no evento do Outubro Rosa de 2019, me destacando como a melhor performance da noite, e esse ano conquistei mais uma vitória, em fevereiro, onde me credenciei ao cinturão da categoria. Desde que entrei no SFT, pude perceber que eu estou no caminho certo, estou buscando evoluir a cada dia e creio que grandes oportunidades estão chegando para mim. Vou continuar trabalhando firme em busca desse cinturão e outros grandes acontecimentos na minha carreira.

- Expectativa por disputar o cinturão peso-palha e fazer a luta principal

As minhas expectativas sempre são as melhores para as lutas que eu vou fazer, porque estou sempre trabalhando duro para buscar bons resultados e realizar o meu sonho de conquistar esse cinturão do SFT e chegar ao topo da minha categoria. Vamos em busca de uma grande vitória, estou trabalhando diariamente e podem ter certeza que vou para fazer uma boa luta para os fãs de MMA.

- Como foi para você se manter ativa e treinando em meio à pandemia?

Essa fase de pandemia que estamos vivendo está sendo um grande desafio a todos nós, em todos os sentidos possíveis. Quando entramos na quarentena, tive que parar com a rotina dos treinos, mas sempre quando dava, eu arrumava um jeito de me movimentar para não ficar desmotivada, porque sabia que a qualquer momento viria a minha oportunidade. A luta foi marcada, mantive os treinos, entrei em camp e agora é ajustar os detalhes até chegar o dia da luta.

- O que você espera desse combate diante da Andreia Serafim?

Eu respeito o jogo consistente dela de chão e acredito que vai ser um clássico de jogo de chão com o jogo em pé. Mas estou indo para lutar o MMA e não somente uma modalidade. Me sinto bem e pronta em todas as áreas e no dia da luta estarei preparada para o que vier.

- Trajetória no MMA até chegar à disputa de título no SFT

Comecei no MMA em 2015 e, de cara, peguei duas atletas experientes, onde tive as minhas primeiras derrotas. Mas essas derrotas fizeram com que eu passasse a observar o MMA de um modo diferente, fez eu procurar evoluir nas minhas dificuldades, e assim eu estou construindo as minhas vitórias desde então. Após entrar no SFT, eu almejei o cinturão e hoje estou muito feliz por poder disputar o título que tanto almejei desde que passei a lutar pela organização. Agradeço a minha equipe Inside, aos meus treinadores Munil Adriano (Muay Thai/MMA), Fernando Lima (Wrestling), Mário Dias (Jiu-Jitsu) e a todos aqueles que apoiam e acreditam no meu trabalho.

CARD COMPLETO:

SFT 22 - Outubro Rosa III

São Paulo (SP)

Sábado, 31 de outubro de 2020

Cinturão peso-palha: Andreia Serafim x Pamela Mara

Peso-galo: Karina Killer x Sidy Rocha

Peso-palha: Julia Polastri x Jessica Cunha

SFT Xtreme peso-palha: Bianca Sattelmayer x Florença Greco

Peso-galo: Thalita Diniz x Claudia Leite

Peso-casado: Isabela de Pádua x Patricia Sousa

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade