1 evento ao vivo

Em boa fase na carreira, Zé Carlos completa 50 jogos com o Brusque

O goleiro, que está na sua segunda passagem na equipe catarinense, vem vivendo grande fase no clube, que eliminou o Sport na primeira fase da Copa do Brasil nesta semana

14 fev 2020
11h55
  • separator
  • 0
  • comentários

Titular e capitão absoluto desde a temporada passada, o goleiro Zé Carlos alcança a marca de 50 jogos pelo Brusque neste domingo (16), diante do Juventus, partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Catarinense. O arqueiro atuou pelo time catarinense em 2016, quando entrou em campo oito vezes, e retornou em 2019, sendo peça importante na conquista dos três títulos da equipe em menos de um ano: a Série D, a Copa Santa Catarina e a Recopa Catarinense.

Zé Carlos atingiu a marca de 50 jogos na equipe do Brusque (Foto:opequenopassaro/Brusque)
Zé Carlos atingiu a marca de 50 jogos na equipe do Brusque (Foto:opequenopassaro/Brusque)
Foto: Lance!

O jogador comemorou a grande marca atingida na equipe, que vem crescendo no cenário nacional.

- Que rapidez, como passa rápido. Já era para eu ter alcançado essa marca, mas ano passado tive a lesão e cirurgia no braço, mas estou muito feliz por este momento, 50 jogos de muita dedicação, sempre com muita vontade de vencer, não acertando sempre, mas com a certeza de que é muito mais alegria que tristeza. Estou muito feliz mesmo e espero que esses 50 jogos virem 100, 200, porque sou muito feliz aqui na cidade e no clube - declarou.

De diversos momentos vividos no Brusque, Zé Carlos cita dois que, na sua visão, são importantes e marcantes nessa passagem.: a conquista da Série D e a classificação da equipe catarinense contra o Athletico, na Copa do Brasil desta temporada.

- A conquista da série D, sem dúvida, foi o momento mais importante aqui no Brusque, aquele momento do último pênalti, chamar a responsabilidade para si e conseguir a conquista que tanto merecíamos. Aquele foi um momento único e histórico. Outra defesa que me marcou bastante foi a desta quarta-feria, na Copa do Brasil, contra o Sport, que ao meu ver foi falta no Airton e o árbitro não marcou e o Marquinhos saiu de frente comigo e eu consegui fazer a defesa- comentou.

O contrato de Zé Carlos se encerra em maio de 2020, mas, com seus 34 anos, o goleiro garante que vem vivendo a melhor fase de sua carreira, e que continuará se dedicando para que esses momentos de alegria junto da torcida brusquense dure por muito tempo.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade