PUBLICIDADE

Elenco do Náutico trabalha para libertação de funcionário do clube

Massagista Paulinho é acusado de participar de um assalto a ônibus em 2018

17 mar 2021 21h03
ver comentários
Publicidade

Sem jogos durante a semana, o elenco do Náutico está engajado em ajudar o massagista do clube Paulo Mariano, conhecido como Paulinho. Aos 27 anos, o atleta se encontra preso desde o dia 24 de fevereiro em Pernambuco com a alegação de ter sido um dos participantes a um assalto a ônibus em 2018.

A defesa do funcionário informa que Paulinho foi preso por engano e tentam a sua liberação. Em meio a esse cenário, alguns atletas utilizaram as redes sociais para solicitar a sua liberação.

Entenda

De acordo com as informações, o assalto ao ônibus ocorreu no bairro de Joan Bezerra, na região central de Recife, mas a alegação dos advogados é que Paulo Mariano não estava presente no fato e não tem ligação alguma com o crime.

Náutico

Até o fechamento da matéria, o Náutico ainda não havia se posicionado sobre o acontecimento com o funcionário.

Lance!
Publicidade
Publicidade