1 evento ao vivo

Dorival Júnior descarta favoritismo do Fla diante do Botafogo: 'Clássico'

Treinador destaca bom futebol e evolução apresentada pela equipe nas últimas rodadas e foca em detalhes para que o resultado vole a acontecer após dois empates seguidos do Fla

9 nov 2018
16h34
  • separator
  • comentários

Ainda sonhando com o título brasileiro, o Flamengo enfrenta o Botafogo neste sábado, às 19h, no Estádio Nilton Santos. A grande diferença de investimento entre os rivais para a temporada reflete na tabela, com o Alvinegro buscando livrar-se do risco de rebaixamento. Porém, Dorival Júnior descartou qualquer tipo de favoritismo do Rubro-Negro para o clássico, válido pela 33ª rodada.

Além da rivalidade histórica entres os clubes da Gávea e General Severiano, o treinador destacou o equilíbrio entre las equipes nos confrontos mais recentes.

- Eu acho que a palavra clássico já define o que deve ser essa partida. Tivemos ao longo do ano jogos muito disputados, decisivos e importantes. Teremos uma condição como essa. Estamos nos preparando o máximo possível para fazer uma grande partida - projetou o comandante do Fla, antes de seguir:

- Que façamos, junto com o Botafogo, um grande espetáculo. Que as pessoas se respeitem, tenhamos paz no estádio e que o resultado seja resolvido pelos jogadores - afirmou Dorival, que vai para seu sétimo jogo no comando do time.

Dorival Júnior durante coletiva no CT Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Dorival Júnior durante coletiva no CT Ninho do Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
Foto: LANCE!

Nas últimas rodadas, os empates com São Paulo e Palmeiras fizeram o time de Dorival Júnior se afastar da liderança - o primeiro lugar da tabela é do Verdão, com seis pontos de vantagem sobre o Rubro-Negro. As chances perdidas pelo Flamengo no final das partidas, por Vitinho e Paquetá, respectivamente, ainda deixam um gosto amargo a Dorival Júnior, mas o técnico garante que os casos não influenciarão nos desempenhos dos atletas na reta final do Brasileirão.

- É um auto-controle que todos pecisamos conviver. Há situações que podem acontecer com qualquer um, aconteceu agora com atacantes, passamos por situações em que foram com goleiros, zagueiros... É uma situação normal.

Dorival, a seis jogos dirigindo a equipe, preferiu destacar o crescimento do Flamengo, reforçando a importância de conquistar a vitória no Nilton Santos.

- O importante é que o Flamengo tem feito grandes jogos, criado situações, buscando sempre fazer jogos de altíssimo nível e com coragem para buscar os resultados. Isso tem que ser enaltecido. Acredito muito que tenhamos coisas boas dentro da competição e o resultado de amanhã é fundamental para isso.

Confira outras respostas do técnico Dorival Júnior nesta sexta-feira:

O Flamengo ainda sonha com o título, enquanto o Botafogo luta contra o rebaixamento. O clássico deste sábado é mais decisivo para qual das equipes?

É decisivo para os dois. Os dois têm muita responsabilidade perante essa partida. Objetivos sim, um pouco diferentes, mas são equipes que se respeitam, se conhecem muito bem, que fizeram grandes jogos no ano. Vejo que teremos que ter muitos cuidados. Uma equipe traiçoeira, no bom sentido, sabe se defender para poder atacar. Está tendo um posicionamento bom com o Zé Ricardo, temos que ter cuidados. O Botafogo não é apenas uma equipe de reação, sabe como atacar, por isso acho que será um grande jogo.

Por parte do Flamengo, alguma estratégia específica adotada para este jogo?

Todas equipes tentam uma estratégia. O Flamengo tem a sua maneira de jogar. Espero que mantenhamos a postura que estamos atuando. A cada rodada, sinto que estamos criando uma condição um pouco melhor, sendo agressiva, se apresentando no campo adversário... É isso que o flamenguista quer ver, além de um grande resultado.

Você tem apostado na manutenção da equipe titular. O Flamengo já tem a "cara" do treinador? E que "cara" é essa?

É uma equipe compacta, que procura a todo momento o ataque, buscando de maneira equilibrada consegue a criação de boas oportunidades, não se omite da partida, busca movimentações trabalhadas e isso me deixa feliz, é em razão do trabalho no dia a dia. A aceitação tem sido muito boa. O número de oportunidades que se cria apagou a sensação de que éramos uma equipe só de passes. Vou para a sétima partida, cinco fora e dois em casa. Isso tudo mostra que a equipe tem poder de reação, acredita e confia no trabalho realizado. Detalhes nos tiraram os últimos resultados. A insatisfação é nesse sentido, mas quem acompanha sabe a qualidade que o Flamengo tem colocado em cada partida.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade