0

Doença viral tira Ray Borg do UFC 215, e disputa de cinturão é cancelada

Americano passou mal durante a semana e foi barrado por equipe médica do UFC

8 set 2017
08h34
atualizado às 11h01
  • separator
  • comentários

O UFC 215, que acontece neste sábado, sofreu uma baixa importante às vésperas do show. Devido a uma doença viral,

Ray Borg estava escalado para enfrentar Demetrious Johnson no UFC 215
Ray Borg estava escalado para enfrentar Demetrious Johnson no UFC 215
Foto: Reprodução / LANCE!

foi retirado do evento e sua disputa de cinturão programada contra o campeão Demetrious Johnson acabou cancelada. A informação foi noticiada pelo site oficial do Ultimate nesta sexta-feira.

Com isso, a disputa pelo título peso galo feminino entre a campeã Amanda Nunes e a desafiante Valentina Shevchenko passa a ser a principal luta do show. O combate entre Wilson Reis e Henry Cejudo, antes no card preliminar, agora figura na etapa principal da noite.

Barrado pela equipe médica, Borg está fora do show, e agora Johnson não poderá mais quebrar o recorde previsto para este sábado - o americano está a uma vitória de se tornar o dono da maior sequência de vitórias consecutivas em defesas de cinturão na história do UFC.

Confira o comunicado oficial do UFC:
"Devido a uma doença viral, o peso mosca Ray Borg foi retirado da luta principal do UFC 215. Borg foi examinado e proibido de competir pela equipe médica do UFC.

O UFC 215, que agora é encabeçado pela disputa pelo título peso galo feminino entre Amanda Nunes e Valentina SHevchenko, vai prosseguir com 11 lutas programadas no ginásio Rogers Place, em Edmonton, Canadá."

Confira as lutas do UFC 215
Amanda Nunes x Valentina Shevchenko
Neil Magny x Rafael dos Anjos
Ilir Latif x Tyson Pedro
Jeremy Stephens x Gilbert Melendez
Henry Cejudo x Wilson Reis
Card preliminar
Sara McMann x Ketlen Vieira
Sara Moras x Ashlee Evans-Smith
Gavin Tucker x Rick Glenn
Mitch Clarke x Alex White
Luis Henrique KLB x Arjan Bhullar
Peso-leve: Kajan Johnson x Adriano Martins

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade