PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

DM vazio: aquecimento do Palmeiras tem força máxima nesta sexta-feira

Moisés e Hyoran, que tiveram problemas físicos recentemente, participaram sem aparentar incômodo da atividade realizada enquanto a imprensa pôde ficar na Academia de Futebol

16 nov 2018 18h36
| atualizado às 18h36
ver comentários
Publicidade

O departamento médico da Academia de Futebol esteve vazio, nesta sexta-feira, enquanto a imprensa teve acesso às atividades no gramado no centro de treinamento do Palmeiras. Moisés e Hyoran, que tiveram problemas físicos recentemente, participaram sem aparentar incômodo do aquecimento do elenco, na véspera da viagem para encarar o Paraná, em Londrina, no domingo.

Hyoran participou do aquecimento do treino desta sexta-feira, na Academia de Futebol (Cesar Greco/Divulgação)
Hyoran participou do aquecimento do treino desta sexta-feira, na Academia de Futebol (Cesar Greco/Divulgação)
Foto: Lance!

Moisés e Hyoran fizeram um trabalho separado nessa quinta-feira, mas, nesta sexta-feira, participaram da roda de bobinho que deu início ao trabalho. Hyoran, vetado desde quando levou pancada na perna direita, no empate por 1 a 1 diante do Flamengo, no último dia 27, chegou a receber massagem no local ao longo da atividade, mas participou sem qualquer limitação.Moisés sofreu entorse no tornozelo direito no empate por 1 a 1 diante do Atlético-MG, no último domingo, e já desfalcou a equipe na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense, na quarta-feira. O departamento médico não divulgou o tempo de recuperação do meio-campista, mas, de qualquer forma, Moisés e Hyoran devem, no máximo, ser opção no banco contra o Paraná, no domingo.

O único desfalque certo para o técnico Luiz Felipe Scolari para domingo, por enquanto, é o zagueiro Luan, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. O atacante Deyverson já cumpriu a última partida de gancho imposto pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por sua expulsão contra o Ceará, no dia 21, e volta a ficar à disposição.

Dentro de sua estratégia de rodízio de escalações para minimizar o desgaste físico, Felipão já avisou que deve mexer em, ao menos, metade da equipe que iniciou o 3 a 0 diante do Fluminense, nessa quarta-feira. O que deve dar chance para Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena, Victor Luis, Felipe Melo e Deyverson, por exemplo, nos lugares de Mayke, Luan, Gustavo Gómez, Diogo Barbosa, Thiago Santos e Borja.

A definição da escalação deve sair em treino na manhã deste sábado, quando os jornalistas não terão acesso a nenhum minuto dos trabalhos. O elenco embarca depois do almoço para Londrina. A partida está marcada para as 17h de domingo.

O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro com 70 pontos, enquanto o Paraná, último colocado, com 21 pontos em 34 rodadas, já está matematicamente rebaixado para a segunda divisão. O time de Curitiba mudou o mando da partida para Londrina, região do estado com grande predominância de palmeirenses.

Lance!
Publicidade
Publicidade