2 eventos ao vivo

Direito de imagem para jogadores do Grêmio durante pausa será pago em 2021

Acordo que foi costurado entre a diretoria do Tricolor e atletas calcula economia de, pelo menos, R$ 10 milhões segundo previsão orçamentária

28 mar 2020
17h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois do presidente Romildo Bolzan dar uma declaração alarmante onde inicialmente orçou o prejuízo total da paralisação do futebol em pelo menos R$ 25 milhões, nessa semana parece que o clube conseguiu uma boa economia dentro da realidade de contenção de gastos.

LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Foto: Lance!

A apuração feita pelo portal 'Globo Esporte' é de que a diretoria chegou a um acordo junto com os jogadores do elenco para que a quantia referente a direito de imagem que seria paga no período da paralisação seja quitada somente em 2021.

Dentro da previsão orçamentária que o clube elencou para a temporada, não ter de arcar nesse momento com essa dívida significa poupar um valor na casa dos R$ 10 milhões.

Além dessa economia, o clube também recebeu uma boa notícia vinda da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) com a entidade antecipando o pagamento de premiação referente a participação do Imortal na primeira fase da Copa Libertadores, algo na casa dos R$ 9,1 milhões.

Mesmo com as verbas em questão se aproximando da quantia total que foi expressa como prejuízo calculado por Bolzan, o clube ainda faz um levantamento de sua estrutura para encontrar novas formas de cortar custos. Uma delas seria as categorias de base do clube, dotada de orçamento atual na casa dos R$ 23 milhões.

Veja também:

Pelé é superestimado? Editor do L! avalia polêmica criada por site inglês
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade