3 eventos ao vivo

Di María está fora de quatro jogos no Francês por cusparada; liga analisa caso de Neymar e González no dia 30

Em partida da 3ª rodada, argentino cuspiu justamente no zagueiro do Olympique de Marseille, que foi acusado de racismo pelo brasileiro do PSG

23 set 2020
16h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A liga francesa decidiu nesta quarta-feira (23) punir o argentino Ángel Di María, do Paris Saint-Germain, com quatro jogos de suspensão por cuspir no zagueiro Álvaro González, do Marseille, acusado por Neymar de ato racista.

Punição de Di María começa na próxima terça-feira (Foto: Franck Fife / AFP)
Punição de Di María começa na próxima terça-feira (Foto: Franck Fife / AFP)
Foto: Lance!

A punição terá início na próxima terça-feira (29), o que significa que Di María está apto a enfrentar o Stade de Reims no domingo, 27. Ele está fora dos jogos contra Angers, Nimes, Dijon e Nantes.

Também foi comunicado pela liga que uma comissão irá estudar o caso de possíveis ofensas racistas de Álvaro Gonzalez contra Neymar no próximo dia 30. Possíveis ofensas homofóbicas e racistas de Neymar em direção a Álvaro e Hiroki Sakai também serão avaliadas, de acordo com o 'L'Équipe'.

Todos os casos citados acima aconteceram no jogo entre Olympique de Marseille e PSG, válido pela 3ª rodada do Campeonato Francês. O jogo foi repleto de confusões e teve cinco expulsos - três do Paris e dois do Marseille.

De acordo com Neymar, que reclamava antes mesmo de ter sido expulso, o zagueiro espanhol González fez ofensas racistas. Uma análise feita pela 'Globo' com especialistas em leitura labial aponta que o brasileiro foi chamado de "mono" (macaco, em espanhol).

Outro jogador do PSG julgado foi o zagueiro Abdou Diallo, que está de volta a equipe após ter sido expulso na 4ª rodada, contra o Metz - ele não sofreu maiores punições.

Veja também:

Veja as principais revelações que saíram do CT do São Paulo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade