0

Destaque na Ferroviária e reencontro com Diniz: o que esperar de Léo Artur

Meio-campista chega por empréstimo até o final da temporada com a aprovação do técnico Fernando Diniz. O LANCE! mostra o que esperar do atleta no Fluminense

3 abr 2019
12h46
atualizado às 12h46
  • separator
  • 0
  • comentários

O Fluminense acertou o empréstimo de Léo Artur até o fim do ano. O jogador, de 24 anos, que disputou o último Campeonato Paulista pela Ferroviária, ainda vai fazer exames médicos. Sendo aprovado, será novo reforço tricolor. Com apenas Paulo Henrique Ganso e Daniel para a posição, é uma opção para o elenco. Mas, o que esperar do meio-campista?

Léo Artur foi um dos destaques da Ferroviária no Campeonato Paulista, ajudando a levar a equipe até as quartas de final. Camisa 10, marcou dois gols em nove jogos. Chamou atenção pela velocidade e habilidade, também tendo boa finalização - neste quesito, atraiu olhares após o gol marcado contra o São Paulo, no Pacaembu, no empate por 1 a 1 na fase de grupos.

- Jogador importante no esquema da Ferroviária desde a temporada passada, na Copa Paulista. Depois que assumiu a titularidade no Paulistão foi peça fundamental no esquema do técnico Vinicius Munhoz. Tem capacidade de agilizar as jogadas no ataque - declarou o jornalista Marcos Chiocchini, da Rádio Cultura de Araraquara.

Fluminense acertou o empréstimo do meia Léo Artur (Foto: Marcello Fim/OFotografico)
Fluminense acertou o empréstimo do meia Léo Artur (Foto: Marcello Fim/OFotografico)
Foto: Lance!

A contratação de Léo Artur foi aprovada pelo técnico Fernando Diniz, que reencontrará o conhecido no Fluminense. Eles passaram juntos por Oeste e Audax, em 2016 e 2017, respectivamente. O Tricolor também teve a concorrência do Vasco, que se interessou pelo atleta. Meia-central e organizador, é opção para o elenco que conta com poucos atletas da função.

O que pesa contra Léo Artur é a irregularidade. O meio-campista foi revelado pelas categorias de base do Corinthians, disputou o Campeonato Paulista pela Ponte Preta, mas não conseguiu se firmar em ambos. Após as passagens frustradas, se transferiu para Guarani, Penapolense, Paysandu, Mogi Mirim e Osasco Audax, sempre emprestado pelo Corinthians.

- Léo Artur sempre foi muito escanteado no elenco do Corinthians pela enorme concorrência. Quando surgiu, ele era um ponteiro e o time tinha muitas opções (Romarinho, Pato, Émerson Sheik) e sua possibilidade de crescimento foi restrita. Após a passagem pelo Audax, o Corinthians chegou a reintegra-lo, só que novamente a concorrência (Agora de Jsdson, Rodriguinho e outros) pesou bastante e diante da falta de qualquer perspectiva de oportunidade, ele foi emprestado novamente no negócio que envolveu a chegada do Clayson. Em resumo, faltou oportunidade e melhor sorte - ter menos concorrentes no elenco, especialmente - declarou o jornalista Bruno Malta.

Na Ferroviária, conseguiu se firmar e recuperar o bom momento na carreira. O atleta não pode ser inscrito no Campeonato Carioca, mas está á disposição para a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Na Copa Sul-Americana, terá que esperar para estar nas trocas de elenco possíveis do Fluminense.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade