PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Destaque do Palmeiras no Campeonato Paulista, Giovani busca primeiro gol como profissional

O jovem de 17 anos vem ganhando espaço com o elenco principal e foi relacionado para o último jogo da Libertadores

29 abr 2021
08h32 atualizado às 11h20
0comentários
08h32 atualizado às 11h20
Publicidade

Dois dias após bater o Independiente de Valle na Libertadores, o Palmeiras volta a campo nesta quinta-feira (29), às 22h (horário de Brasília), diante Inter de Limeira, no Allianz Parque, pela 9ª rodada do Campeonato Paulista 2021.

(Foto: César Greco)
(Foto: César Greco)
Foto: Lance!

Vivendo a maior sequência de partidas deste o retorno do futebol, o Palmeiras optou por utilizar o Campeonato Paulista como um laboratório aos mais jovens e tempo de descanso para aqueles que tem atuado mais frequentemente.

Em vista disso, jovens como Giovani e outros destaques das categorias de base ganharam minutagem, além da oportunidade de adquirir experiencia atuando ao lado do elenco profissional.

No Verdão desde 2014 para integrar o Sub-10 do clube, atuando na transição do futsal para o futebol de campo, o atacante passou por todas as demais categorias até chegar no sub-20 em 2020, quando, mesmo com idade sub-17, jogou simultaneamente nas duas categorias.

Destaque da última temporada, Giovani realizou 17 partidas somados sub-17 e sub-20, com 14 gols e 5 assistências, sendo o artilheiro da base alviverde em 2020. Com um total de 1129 minutos em campo, o jovem precisa, em média, de apenas 59 minutos para participar diretamente de jogadas que resultam em gol. Tal desempenho despertou a atenção do técnico Abel Ferreira, que o trouxe para treinar entre os profissionais em 2021.

Saindo do banco, o camisa 58 estreou diante do Corinthians, na Neo Química Arena, no empate por 2 a 2, válido pela primeira rodada do Campeonato Paulista 2020. Com apenas sete minutos em campo, Giovani deu sua carta inicial no jogo seguinte, contra o São Caetano. Já nos acréscimos, o jovem marcou o que seria seu primeiro gol como profissional, mas foi anulado pelo VAR.

Titular pela primeira vez no empate versus o Botafogo, a promessa também foi utilizada desde o apito inicial na derrota diante do Mirassol, no Allianz Parque. Se soltando e realizando um bom trabalho, o atacante vem chamando atenção de Abel Ferreira e da comissão técnica. Não à toa, o jovem viajou para a Argentina para a disputa da Recopa e foi relacionado para o confronto contra o Independiente de Valle, na Libertadores.

Em números, são seis jogos como profissional, com 216 minutos dentro de campo, um gol anulado, uma grande chance perdida, quatro finalizações e cinco passes decisivos, aqueles que possibilitam a finalização. Driblador, tem 64% de suas fintas bem-sucedidas.

Caso balance as redes no confronto de hoje, Giovani se tornará o terceiro mais jovem atleta a marcar um gol pelo Palmeiras. Com mais de 12 mil tentos em sua história, o topo do ranking pertence a Juliano que marcou aos 16 anos, 11 meses e 23 dias, no dia 19/08/1998, contra o Nacional-Uruguai, pela Copa Mercosul. Gabriel Veron com 17 anos, três meses e dois dias é o segundo colocado. Fechando o pódio, aparece o ídolo Mazzola, que marcou contra o Catanduva, em 29/01/1956 (amistoso), com 17 anos, seis meses e cinco dias.

Lance!
Publicidade
Publicidade