PUBLICIDADE

Despedida de Pepê do Grêmio pode ter ocorrido contra o Novo Hamburgo

Jogador se ressente de dores na região da bacia e vem sendo constantemente monitorado pelo departamento médico

12 mai 2021 10h38
ver comentários
Publicidade

O quadro clínico do atacante Pepê pode acabar forçando o fato de que a última partida realizada pelo jogador com a camisa do Grêmio tenha sido no dia 18 de abril contra o Novo Hamburgo. Em partida válida pela penúltima rodada na fase classificatória do Gauchão, ele atuou por 24 minutos na vitória por 3 a 1.

Jogador embarca em junho para defender o Porto (Lucas Uebel/Grêmio)
Jogador embarca em junho para defender o Porto (Lucas Uebel/Grêmio)
Foto: Lance!

Desde então, o atacante de 24 anos acertado com o Porto e com viagem de apresentação prevista para o início de junho tem se ressentido de dores na região da bacia. Logo, o monitoramento tanto do departamento médico do tricolor como da equipe de Portugal tem sido contínuo no sentido de analisar a evolução do problema.

Recentemente, ele apareceu no CT Luiz Carvalho apenas fazendo uma espécie de "desafio" com o meio-campista Matheus Henrique onde chegou a mencionar que venceu o desafio proposto estando machucado.

Caso a impossibilidade de jogar novamente pelo Grêmio ocorra, o saldo final da passagem de Pepê no clube desde que ascendeu ao time profissional, algo que aconteceu em 2017, seria de 142 partidas com 31 gols marcados e três edições do Campeonato Gaúcho conquistadas.

Enquanto isso, o restante do elenco sob os olhares de Tiago Nunes se prepara para o desafio da próxima quinta-feira (13) contra o Lanús na Arena pela Sul-Americana.

Em caso de vitória, a equipe chegará aos 12 pontos, abrindo seis do segundo colocado do Grupo H que, nesse momento, é o próprio Lanús, restando somente dois jogos na primeira fase. Vale ressaltar que, na reformulada primeira fase da competição, diferente do que acontece na Copa Libertadores, somente o líder de cada chave avança ao mata-mata.

Lance!
Publicidade
Publicidade