2 eventos ao vivo

Dentro de casa, Borussia Dortmund vence e amplia crise no Monaco

Time alemão buscou a vitória após primeiro tempo equilibrado e afundou ainda mais os monegascos, que não vencem uma partida desde o primeiro jogo da temporada

3 out 2018
18h07
atualizado às 18h24
  • separator
  • comentários

Pelo Grupo A da Liga dos Campeões, o Borussia Dortmund recebeu o Monaco e fez valer seu mando de campo, com uma vitória por 3 a 0. O resultado não foi nada bom para o time francês, que não consegue uma vitória há oito partidas, contando a estreia no torneio europeu. Larsen, Paco Alcácer e Reus fizeram os gols dos aurinegros.

Aurinegros lideram o grupo ao lado do Atlético de Madrid (Foto: INA FASSBENDER / AFP)
Aurinegros lideram o grupo ao lado do Atlético de Madrid (Foto: INA FASSBENDER / AFP)
Foto: Lance!

Em um Signal Iduna-Park praticamente lotado, os aurinegros foram para cima do Monaco, que vive má fase, mas acabaram sendo surpreendidos por um bom primeiro tempo da equipe monegasca. Tielemans, em chute de fora da área aos 19 minutos, obrigou Burki a fazer um milagre para evitar o gol.

Passado o susto, o Dortmund voltou a ser dono das ações do confronto e começou a incomodar o gol defendido por Benaglio. Em trama bem armada pelo ataque alemão, Paco Alcácer finalizou com perigo. Na reta final da primeira etapa, Wolf recebeu na área e chutou no canto, onde o goleiro do Monaco fez linda defesa e se contundiu, sendo substituído por Subasic.

Logo nos momentos iniciais do segundo tempo, o Borussia aproveitou uma desantenção da zaga do Monaco e abriu o placar. Sancho, líder de assistências do Dortmund na temporada, deixou Larsen na cara do goleiro, e o atacante aurinegro abriu o placar.

Abatido, o Monaco, que não vence há sete partidas, sofreu com a pressão do Dortmund, que teve a chance de aumentar em cobrança de pênalti aos 23, mas que foi desperdiçada por Paco Alcácer, que carimbou o travessão. Entretanto, minutos após falhar na marca da cal, o atacante espanhol conseguiu balançar as redes, driblando Subasic e empurrando para o gol, ampliando o marcador.

Nos acréscimos, ainda teve tempo para o Borussia marcar mais um gol no atônito time comandado por Leonardo Jardim. Larsen cruzou e Reus, quase sem ângulo, balançou as redes e deu números finais ao jogo que aumentou a série negativa do time francês.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade