PUBLICIDADE

Denílson: "Neto não é do meu convívio e não quero que seja"

Colegas de emissora, os ex-jogadores não possuem uma relação amistosa

11 mai 2021 19h56
| atualizado às 20h02
ver comentários
Publicidade

A conflituosa história entre Neto e Denílson, ambos comunicadores da Band, ganhou mais um capítulo nesta terça-feira. A emissora chegou a fazer uma reunião no início do ano com os ex-jogadores para selar a paz entre os dois. Entretanto, no canal do Alê Oliveira no Youtube, Denílson comentou sobre a relação apática com o apresentador e afirmou que "não é segredo" o clima pouco amistoso entre os dois.

Denílson e Neto são companheiros de emissora (Reprodução)
Denílson e Neto são companheiros de emissora (Reprodução)
Foto: Lance!

"Eu não dei 'letrinha' para o Neto. Ele deu (para mim). Isso tem que perguntar para ele. (...) (Se ele me chamar para sair em Campinas), não vou. Não é do meu convívio, não quero que seja. E vice-versa. Mas isso não é um problema. Não é segredo", iniciou.

"A gente não brigou, mas cada um tem um comportamento, uma opinião. Eu respeito a opinião dele. Da minha parte não tem problema, mas não tenho motivo para sair com ele. Ele fala o que ele quer, eu respeito e acabou", completou Denílson.

Contudo, apesar do mal-estar com o ídolo do Corinthians, o ex-jogador revelado pelo São Paulo elogiou o colega de emissora. Denílson disse que prefere se apegar as virtudes de Neto do que relembrar os desafetos entre os dois.

"Muitas vezes são opiniões diferentes, muitas vezes não coincidem. E eu respeito, mas nunca tive problema. E digo mais: o que eu falo dele é que ele tem esse jeito na televisão, é uma escolha dele. Fora da TV, ele é muito generoso. Tem a imagem do Neto polêmico. Mas fora da TV, ele é muito generoso, ajuda muita gente. Eu prefiro me agarrar nesse lado humano dele. Respeito como atleta, como comunicador, ninguém fica no ar o tempo que ele está à toa", pontuou Denílson.

"Mas questão de opinião é opinião. Mas ele é muito generoso. Já vi ele tirar o relógio e dar na hora. Ele não é apegado ao material. Prefiro me agarrar a isso do que ficar pensando se ele concorda comigo, se falou bem ou mal de mim", concluiu.

Lance!
Publicidade
Publicidade