5 eventos ao vivo

Demian mostra garra, mas Woodley mantém cinturão

Brasileiro não conseguiu impor seu jogo de jiu-jitsu e sofreu na trocação com americano

30 jul 2017
03h00
atualizado às 09h17
  • separator
  • 9
  • comentários

Nem mesmo o embalo pelo título de Cris Cyborg foi capaz de empurrar Demian Maia para a conquista do título inédito dos meio-médios. No UFC 214, que aconteceu neste sábado, em Anaheim (EUA), o brasileiro mostrou garra, mas esbarrou na força e técnica de Tyron Woodley, que soube defender as tentativas de quedas e acertar os melhores golpes da luta para vencer na decisão unânime dos juízes.

Com uma postura agressiva em pé, Demian tentou cercar o americano, que se movimentou bem e defendeu todas as 25 tentativas de quedas aplicadas pelo brasileiro durante os cinco rounds. Se mantendo de pé com muita força e técnica, Woodley foi mais efeito na trocação e acertou os melhores golpes.

"Sou o melhor lutador do mundo, enfrentei dois especialistas em duas lutas consecutivas. Eu tenho que me adaptar a esses grandes estilos. Poderia ter lutado mais dois rounds, estou me sentindo forte", garantiu o campeão dos meio-médios, diante das vaias do público que reprovou o estilo de luta defensivo do americano.

Com o resultado, Woodley defendeu o cinturão dos meio-médios pela terceira vez consecutiva. O americano agora soma um cartel de 18 vitórias e três derrotas na carreira no MMA. Já Demian Maia, tem interrompida uma sequência de sete vitórias consecutivas na divisão até 77kg.

Tyron Woodley venceu Demian Maia no UFC 214
Tyron Woodley venceu Demian Maia no UFC 214
Foto: Reprodução/UFC / LANCE!

Veja também

 

Lance!
  • separator
  • 9
  • comentários
publicidade