6 eventos ao vivo

De volta, Breno exalta sequência, titularidade e objetivos no Vasco

Zagueiro conversou com a imprensa após o treino desta quinta-feira no CT das Vargens e falou sobre as expectativas para a continuidade de 2018. Sábado, o time pega o Flamengo

17 mai 2018
13h54
atualizado às 13h54
  • separator
  • comentários

Fora da equipe desde o ano passado por conta de uma lesão, o zagueiro Breno retornou aos jogos do Vasco no último fim de semana, na derrota para o Vitória pelo Campeonato Brasileiro. De volta, o defensor sabe da importância que tem para o elenco e quer retribuir pelo tempo fora. Titular confirmado para sábado, no clássico com o Flamengo no Maracanã, Breno conversou com os jornalistas após o treino na manhã desta quinta-feira, no CT das Vargens, e garantiu que o grupo busca por confiança para a sequência de 2018.

Breno durante a coletiva do Vasco nesta quinta-feira no CT das Vargens. Confira a seguir a galeria do LANCE!
Breno durante a coletiva do Vasco nesta quinta-feira no CT das Vargens. Confira a seguir a galeria do LANCE!
Foto: David Nascimento/Lancepress / LANCE!

- Vou para o jogo. A princípio o treinador me colocou como titular. Ainda tem um treino antes do jogo, mas acho que estou entre os 11. Tivemos a semana toda de trabalho e estamos preparados. Flamengo e Vasco é diferente, ninguém quer perder. Precisamos dos três pontos para viajarmos com confiança no domingo para na terça jogarmos no Chile (diante da Universidad de Chile, se despedindo da Conmebol Libertadores), já que vencendo iremos poder jogar a Sul-Americana - destacou o zagueiro.

Breno sabe que ainda falta se entrosar novamente com os demais companheiros. O zagueiro está trabalhando por isso: na atividade desta quinta o técnico Zé Ricardo promoveu um trabalho especial com os defensores. Mas Breno sabe que conseguirá completamente este objetivo apenas com o passar dos jogos. Isso ajudará em outro ponto que vem dando dor de cabeça aos torcedores cruz-maltinos: o número de gols sofridos. O zagueiro enfatizou que na última partida todos os revés foram por falha da defesa e não por mérito do rival.

- No ano passado também estávamos com essa dificuldade na parte defensiva. Acho que no dia a dia encaixamos. É trabalhando que resolve. Não é só a defesa a culpada quando toma gol, é o time todo, assim como não é apenas o ataque quando faz, é o time todo. Na base da conversa e do treinamento melhoramos o entrosamento. Paramos para ver o último jogo e os três gols foram por falhas nossas. Acho que temos de nos concentrar mais. Os gols do Vitória não foram por mérito deles. Tenho muito a crescer - finalizou.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade