0

De virada, Paraná goleia o Brasil-RS na Vila Capanema

Tricolor saiu perdendo, mas virou e goleou, vencendo por 4 a 1

18 jul 2017
21h15
  • separator
  • comentários

Sob o comando do interino Matheus Costa, o Paraná conseguiu um grande resultado. Na noite desta terça-feira, o Tricolor goleou o Brasil-RS por 4 a 1 e voltou a vencer na Série B. O grande detalhe é que o time paranista saiu perdendo e precisou contar com uma grande atuação do atacante Robson, que fez dois gols, para virar o placar.

O jogo começou com o time visitante assustando. Aos cinco minutos, em cobrança de falta, Itaqui tirou tinta da trave do goleiro Richard. Já aos 14, o camisa 5 do Brasil-RS não perdoou um vacilo da zaga paranista e abriu o placar na Vila Capanema.

Na base da imposição, o Paraná foi em busca do gol de empate. Apesar das dificuldades que o time demonstrava, ele ocorreu aos 21. Desta vez foi a zaga do Brasil-RS quem vacilou e Robson não perdoou. 1 a 1.

E no fim do primeiro tempo cada goleiro brilhou uma vez. Aos 30, Rafinha, do Brasil-RS, apareceu na cara do gol e Richard fez grande defesa para salvar o Paraná. Já aos 44, foi Marcelo Pitol quem brilhou, após finalização de Alemão.

Já na etapa final, o Paraná voltou pressionando muito. Aos três, Robson fez linda jogada individual e exigiu grande defesa do goleiro Pitol. Aos sete, João Pedro cobrou falta com muito veneno e tirou tinta da trave. E o gol da virada veio aos dez, após um novo vacilo da zaga do time gaúcho, Eduardo Brock bateu da entrada da área para virar o placar. 2 a 1 para o Tricolor.

Em desvantagem, o Brasil-RS tentou descontar. Mas o time paranista estava bem composto defensivamente. Tanto é que o time gaúcho só conseguiu chegar aos 24, com Itaqui, em cobrança de falta, mas o goleiro Richard fez boa defesa. Já aos 26, Marcinho fez boa jogada individual e o lateral Igor, do Paraná, ao fazer o corte quase marca contra.

Mas depois disso o Paraná voltou a mandar no jogo. Aos 29, após um bate e rebate na área, o árbitro assinalou penalidade máxima apontando que Evaldo cortou uma bola com a mão. No polêmico lance, o jogador do Brasil-RS recebeu o segundo cartão amarelo. Na cobrança, Robson soltou a bomba no meio do gol e fez. 3 a 1 Paraná.

O quarto gol veio logo na sequência. Aos 31, Felipe Alves, que havia acabado de entrar, fez boa jogada e serviu Renatinho, que bateu com categoria para marcar. 4 a 1.

Com a goleada, o Paraná voltou a vencer após três jogos e chegou a marca de 20 pontos. Já o Brasil-RS acumulou a segunda derrota seguida e alcançou a marca de 26 gols sofridos, virando a defesa mais vazada da Série B.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade