0

De virada, Espanha bate Inglaterra pela Liga das Nações

La Roja foi precisa e cirúrgica para segurar a pressão dos ingleses em Wembley

8 set 2018
17h48
atualizado às 18h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Se a seleção espanhola precisava de uma boa vitória para retomar a confiança, ela apareceu da melhor forma. Jogando fora de casa contra a Inglaterra, semifinalista da última Copa do Mundo, a Espanha conseguiu um triunfo importante, de virada, por 2 a 1.

A partida marcou a estreia de Luis Enrique, ex-Barcelona, como treinador de La Roja. Rashford marcou para Inglaterra, Saúl e Rodrigo deram a vitória para Espanha.

Início frenético

Em fases completamente distintas após a Copa do Mundo, Inglaterra e Espanha iniciaram a partida como se fosse um jogo do mundial da Rússia. Assim como foi em junho, os donos da casa continuaram mostrando que o pragmatismo característico das seleções ingleses pela história ficou para trás.

Em velocidade e um toque de bola de qualidade, abriu o placar com apenas 11 minutos, quando Shaw colocou Rashford em profundidade, e o atacante balançou as redes de De Gea. Apenas dois minutos mais tarde, a seleção espanhola, que começa este novo ciclo cercada de desconfiança por conta do fraco desempenho nas últimas duas Copas, reagiu e com Saúl, em forte chute de dentro da área, equalizou o placar em Wembley.

La Roja venceu de virada em partida muito disputada em Londres Foto: AFP)
La Roja venceu de virada em partida muito disputada em Londres Foto: AFP)
Foto: LANCE!

Vira virou

Apesar de dominar a posse de bola, a Espanha não estava levando perigo ao gol defendido por Pickford. Mais incisiva, a Inglaterra esteve mais próxima de mexer novamente no placar e tomar a liderança da partida. Entretanto, no primor do que é o futebol, os espanhóis via bola áerea, surpreenderam e viraram a partida.

Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Thiago Alcantara cruzou pelo alto e Rodrigo, após falha de marcação de Stones e Harry Kane, apareceu sozinho na linha da pequena área para chapar rente à trave de Pickford e colocar a Espanha em vantagem no marcador na descida para os vestiários.

Susto em Wembley

Na volta do intervalo, o lance que chamou atenção não envolveu perigo de gol ou chance de mexer no placar. Em virada de jogo, Luke Shaw tentou interceptar o passe, trombou com Carvajal e caiu batendo a cabeça no chão. A pancada foi forte e o lateral precisou ser removido no gramado com colar cervical, com máscara de oxigênio e na maca médica. Ainda não se tem informações sobre o estado de saúde do lateral do Manchester United.

Rashford e De Gea travam duelo sensacional

Se na Copa do Mundo o goleiro espanhol falhou e foi questionado, na partida deste sábado, o arqueiro mostrou o motivo de ser considerado um dos melhores do mundo na posição. Foram aproximadamente três defesas milagrosas durante a partida em finalizações de Marcus Rashford, seu companheiro de clube.

O destaque fica por conta de uma intervenção espetacular quando o relógio da partida marcava 36 minutos da etapa final. Quando o atacante inglês recebeu, driblou Nacho, e finalizou com força, para De Gea salvar com a mão direita.

Polêmica no fim

Na pressão para se salvar de uma derrota em casa, a Inglaterra foi com tudo para cima dos espanhóis e chegou a balançar as redes. Em dividida pelo alto, De Gea e Welbeck se chocaram e o goleiro soltou a bola. Aproveitando a falha do goleiro, o atacante marcou o gol, que foi anulado pelo árbitro holandês Danny Makkelie, o que causou revolta dos torcedores em Wembley.

No final das contas, uma vitória importantíssima para a Espanha, que necessitava de uma partida com atuação positiva para apagar a última imagem do Mundial da Rússia. Já para os ingleses, uma derrota que não interrompe o bom momento de renovação e de mudança de estilo do futebol jogado pelos comandados de Gareth Southgate.

FICHA TÉCNICA

INGLATERRA 1x2 ESPANHA

Local: Wembley, Londres - ING

Data-Hora: 08/09/2019 - 15h45

Árbitro: Danny Makkelie (HOL)

Assistentes: Mario Diks (HOL), Hessel Steegstra (HOL)

Cartões amarelos: Henderson 18'/1T, Shaw 42'/1T, Stones 21'/2T, Rose 49'/2T (ING) / Carvajal 38'/2T (ESP)

Cartões vermelhos: -

Gols: Rashford 11'/1T (1-0), Saúl 13'/1T (1-1), Rodrigo 32'/1T (1-2)

INGLATERRA: Pickford; Gomez, Stones, Maguire; Trippier, Henderson (Dier), Dele Alli, Luke Shaw (Rose); Rashford (Welbeck), Lingard, Harry Kane.
Técnico: Gareth Southgate

ESPANHA: De Gea; Carvajal, Nacho, Sergio Ramos, Marcos Alonso (Martínez); Busquets, Saúl, Thiago (Sergi Roberto); Isco, Iago Aspas (Asensio), Rodrigo.

Técnico: Luis Enrique

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade