4 eventos ao vivo

De virada, Brasil vence a França na Liga das Nações masculina

Em Brasília, Seleção Brasileira saiu atrás, mas virou e se manteve na liderança da VNL

28 jun 2019
22h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Em mais uma boa participação de jogadores saídos do banco de reserva - Douglas Souza e Flávio - e uma melhora sensível no bloqueio, responsável por 15 pontos no jogo, o Brasil derrotou a França por 3 sets a 1, de virada - parciais de 23/25, 25/18, 25/23, 25/23 -, na noite desta sexta-feira, diante de 7.504 torcedores no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF).

Brasil e França jogaram em Brasília (FIVB Divulgação)
Brasil e França jogaram em Brasília (FIVB Divulgação)
Foto: Lance!

Com o resultado, a equipe verde-amarela consolidou de vez sua vaga na fase final da competição. Os atuais campeões olímpicos lideram o torneio com 33 pontos (12 vitórias em 13 jogos), seguidos pelo Irã, que também tem 33 pontos, mas uma vitória a menos (10 em 12 partidas). Neste sábado, a Seleção enfrenta o Canadá, às 20h, novamente no Nilson Nelson, pela segunda partida da quinta e última semana da fase classificatória e encerra a participação contra a Itália, domingo, às 19h.

Além de Brasil e Irã, os norte-americanos também estão classificados para a fase final da VNL, entre os dias 10 e 14 de julho, por serem sede da etapa, Chicago. As outras três seleções momentaneamente garantidas nas finais são: Rússia, França e Polônia.

O ponteiro Leal foi o maior pontuador do jogo, com 15 pontos, seguido por Douglas Souza, com 13. Pela França, o destaque foi o ponteiro canhoto Lyneel, com 14. O central Le Roux marcou 13.

O técnico Renan dal Zotto poupou o oposto Wallace da etapa de Brasília. O jogador sequer viajou com o grupo. Rafael Araújo foi o reserva na posição. O time titular escalado nesta sexta foi: Bruninho, Alan, Lucarelli, Leal, Lucão, Maurício Souza e Thales (líbero). Entraram Cachopa, Rafael Araújo, Maique, Douglas Souza, Maurício Borges e Flávio.

Lucão deixou a partida com uma contratura muscular na região cervical e passará por exames antes do confronto com o Canadá.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade