1 evento ao vivo

De olho no G6, Bahia faz duelo nordestino com o CSA

Tricolor e Azulão se enfrentam neste sábado, a partir das 17h (Horário de Brasília), na Arena Fonte Nova

30 ago 2019
16h17
atualizado às 16h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Na tarde deste sábado, a partir das 17h (Horário de Brasília), a Arena Fonte Nova, um dos estádios mais modernos do país, recebe o duelo nordestino entre Bahia e CSA, válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.Com o fim do 1º turno se aproximando, as duas equipes se encontram em momentos opostos. O Esquadrão de Aço é o oitavo colocado, com 24 pontos. Já o Azulão é o penúltimo, com 12 pontos.

Como chega o Bahia?

(Foto: Divulgação/Twitter)
(Foto: Divulgação/Twitter)
Foto: Lance!

Após um momento instável dentro da competição, Roger Machado conseguiu ajeitar a casa, voltou a colecionar bons resultados e recolocou o Tricolor na parte alta da classificação, o que trouxe a esperança de lutar por uma vaga no G6.

Dentro do elenco, o clima de confiança é altíssimo, mas todos estão com os pés no chão para evitar surpresas desagradáveis e frustração da torcida.

Na escalação, a principal surpresa é o meio-campo Alejandro Guerra, que terá a responsabilidade de armar o time. Ezequiel e Moisés, suspensos contra o Atlético-MG, ficam à disposição.

Como chega o CSA?

O Azulão chega ao jogo deste fim de semana vestido com o fardo de azarão. Ciente que o favoritismo é do Tricolor, o técnico Argel Fucks promete incomodar a equipe da casa para sair com os três pontos e se aproximar de uma possível saída do Z4.

Mesmo com a penúltima colocação, o CSA não foi derrotado nos últimos dois jogos, pois conseguiu bons resultados contra Fluminense e Cruzeiro.

Na escalação da equipe, o técnico Argel vai contar com o retorno do zagueiro Alan Costa e os atacantes Bustamante e Alecsandro.

Prováveis Escalações:

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Guerra; Artur, Lucca e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

CSA: Jordi; Apodi, Alan Costa, Ronaldo Alves e Carlinhos; Naldo, Dawhan, Jean Cléber e Jonatan Gómez; Bustamante e Alecsandro. Técnico: Argel Fucks.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade