3 eventos ao vivo

Daniel Alves analisa chegada de Muricy e lamenta saída de Pássaro: 'Gostaria que tivesse continuado'

Camisa 10 e capitão do São Paulo deu entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira e falou sobre alguns assuntos, entre eles a nova formação da diretoria do Tricolor

21 jan 2021
19h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois da entrevista coletiva de Raí, foi a vez de Daniel Alves, camisa dez e capitão do São Paulo, falar com os jornalistas na tarde desta quinta-feira. Entre os diversos assuntos, o meia falou sobre a nova formação da diretoria do clube.

Daniel Alves deu sua opinião sobre o momento do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SPFC)
Daniel Alves deu sua opinião sobre o momento do São Paulo (Foto: Rubens Chiri/SPFC)
Foto: Lance!

No começo deste ano, Alexandre Pássaro, então gerente de futebol do São Paulo, anunciou sua saída. Logo depois, Muricy Ramalho chegou ao clube como coordenador técnico. Dani Alves comentou sobre as movimentações e disse que queria a continuação de Pássaro na diretoria.

- Um grande prazer ter o Muricy junto com a gente, é um cara que faz parte da história do São Paulo, tem nosso respeito e admiração. De verdade, a única falta que sinto, que eu gostaria que tivesse continuado, foi o Pássaro. Trabalhou e batalhou com a gente, não gostaria que tivesse saído neste momento. No momento que a gente tinha dado uma estabilizada acabou tendo que nos deixar. Particularmente falando, gostaria que ficasse até o final com a gente. Mas enfim, tão pouco estou aqui para julgar decisões - afirmou.

Daniel também deu sua análise sobre o momento do São Paulo na temporada, já que não venceu ainda em 2021, com três derrotas e um empate. Para ele, o elenco precisa tirar o peso das costas.

- O que gostaria de dizer para meus companheiros é que tirem essa mochila pesada, todo esse retrospecto negativo, porque não é uma mochila que nos pertence. A mochila que nos pertence é a que estamos vivendo agora, é ela que temos que carregar até o final juntos, tentando tirar o São Paulo desta fila. Eu como são-paulino não estou contente com essa situação, sei o quão importante é o título - finalizou.

O São Paulo volta a campo contra o Coritiba, sábado, às 19h, no Morumbi. Um tropeço pode encurtar o caminho do treinador Fernando Diniz no CT da Barra Funda.

Veja também:

Veja os números dos principais nomes do Flamengo na campanha do octa!
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade