2 eventos ao vivo

Da quase desistência à Florida Cup: João Fernando, o jovem goleiro do Fla

Goleiro chegou à Gávea ainda aos oito anos e, por pouco, não abandonou a carreira após um acidente de carro, quando estava indo de Volta Redonda, onde morava, a um treino

10 jan 2019
07h48
atualizado às 07h48
  • separator
  • comentários

O Flamengo estreia na Florida Cup nesta quinta-feira, diante do Ajax, da Holanda. Um das novidades do elenco que está nos Estados Unidos é o goleiro João Fernando, de 17 anos, que viajou na vaga de Muralha, que tem contrato com o Rubro-Negro, mas está fora dos planos. A convocação, inclusive, pegou o próprio jovem, recém-recuperado de uma lesão, de surpresa. E ela, por pouco, poderia nunca ter acontecido.

João Fernando em atividade nos Estados Unidos (Alexandre Vidal / Flamengo)
João Fernando em atividade nos Estados Unidos (Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: Lance!

Internamente, João Fernando é considerado acima da média. Não à toa tem passagem pela Seleção Brasileira Sub-15 e Sub-17. Um dos pontos fortes é ser 'pegador de pênaltis', além do trabalho com os pés. Porém, tudo isso esteve muito perto de não acontecer. Isso porque, um acidente de carro e um trauma familiar quase interromperam a trajetória dele, então com 13 anos, no esporte.

De família humilde, o goleiro é natural de Volta Redonda, região Sudeste do Estado do Rio de Janeiro, cerca de duas horas da capital. João Fernando chegou à Gávea aos oito anos, ainda para o futebol de salão, e era levado aos treinos, todos os dias, de carro pela mãe, Angelica Monteiro. Porém, em um dia chuvoso, ela perdeu o controle do carro na serra e capotou. Os dois tiveram ferimentos leves, mas o problema maior não foi o físico e visíveis a olho nu.Diante do acontecido, ele pensou em abandonar o futebol, mas a família não deixou. Houve, então, a mudança de Volta Redonda para uma casa simples em um bairro na Zona Oeste do Rio, região onde fica localizado o Ninho do Urubu.

Depois de um bom momento no Flamengo, onde participou de conquistas dos times de base, uma temporada com diversos obstáculos. Durante a disputa da Generation Adidas Cup, em março do ano passado, deslocou o maxilar e teve uma concussão após um choque em uma partida, ficando fora da reta final da competição. Recuperado, retornou e jogou o início do Estadual Sub-17, mas um novo problema o afastou dos gramados. Em junho, no decorrer de um treino com o sub-20, trombou com Vitor Gabriel e fraturou o braço direito. Precisou operar e perdeu a Taça BH, que começara semanas depois, o restante do Carioca e a Copa do Brasil, torneio do qual o Flamengo acabou campeão.

Agora, 2019 iniciou sendo convocado para integrar o elenco que foi para a Florida Cup e, com isso, surge uma oportunidade de um recomeço no Flamengo.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade