2 eventos ao vivo

Dá para sonhar? Vasco tem sete jogos diretos contra concorrentes do G6

Após a vitória contra o Botafogo, Luxemburgo admitiu a possibilidade de começar a olhar para cima; Cruz-Maltino enfrenta quase todos os time a sua frente

18 out 2019
07h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois da vitória por 2 a 1 no clássico contra o Botafogo, o clima no Vasco parece ser o mais otimista desde que o técnico Vanderlei Luxemburgo assumiu o comando do clube. Se antes o pensamento era voltado à zona de rebaixamento, hoje jogadores e comissão técnica já começam a admitir a possibilidade de olhar para a parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino é o 11º colocado, com 34 pontos. São oito para o Z4 e sete para o G6.

Luxemburgo avaliou o futuro do Vasco no Brasileirão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Luxemburgo avaliou o futuro do Vasco no Brasileirão (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Lance!

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

- Não saímos da confusão. Temos que somar pontos, mas avançamos. A cabeça de quem trabalha no Vasco é uma cabeça de grandeza. Começamos agora a olhar para cima. Estamos a oito pontos da zona e a sete do G-6. Temos que olhar para onde estamos mais perto - disse Luxa após o jogo em São Januário.

Das 12 rodadas que faltam no Campeonato Brasileiro, o Vasco ainda enfrentará sete equipes que hoje estão à frente na tabela. O Cruz-Maltino encara o Internacional (22/10), Grêmio (30/10), Palmeiras (6/11), Goiás (16/11), Flamengo (23/11), São Paulo (26/11) e Bahia (3/12). Entre os times que estão atrás e podem voltar a complicar a briga contra o rebaixamento, os vascaínos tem Ceará (26/10), Fluminense (2/11), CSA (10/11), Cruzeiro (30/11) e Chapecoense (7/12).
Nesses duelos restantes, Grêmio, Palmeiras, Goiás, Cruzeiro e Chapecoense viajam até o Rio de Janeiro para jogar em São Januário. Contra Fluminense e Flamengo, mesmo sendo visitante, o Vasco jogará no já conhecido Maracanã e terá um bom apoio de sua torcida. Conquistar ao menos os pontos à disposição como mandante já mudaria a situação do time da Colina, que chegaria aos 47 pontos, se livrando de vez da queda.

Para alçar voos mais altos, o Vasco precisará superar os constantes desfalques, inclusive o de Talles Magno, e encontrar mais regularidade no campeonato. No primeiro turno, foi a partir da partida contra o Internacional, que voltará a acontecer na próxima rodada, que o Cruz-Maltino deu a volta por cima, fazendo uma boa campanha. Agora, Luxemburgo e companhia lutam para surpreender e pensar grande.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade