2 eventos ao vivo

Cuca quer atacante argentino e lateral para fechar elenco

Juan Dinenno, de 24 anos, tem se destacado no Deportivo Cali, da Colômbia, que considera negociá-lo para lucrar

23 mai 2019
07h01
atualizado às 08h57
  • separator
  • comentários

O técnico Cuca disse após a derrota por 1 a 0 para o Bahia que o São Paulo sentiu falta de um centroavante de área. Não foi a primeira vez que o treinador falou sobre essa carência do elenco. Internamente, ele tem reforçado para a diretoria o desejo de ter um novo atleta para a posição, inclusive com o nome do preferido: Juan Dinenno, argentino de 24 anos que joga no Deportivo Cali (COL). Raniel, do Cruzeiro, é outro que agrada a comissão técnica tricolor, mas menos que o gringo.

Cuca, técnico do São Paulo
Cuca, técnico do São Paulo
Foto: LANCE!

Dinenno tem 12 gols em 18 jogos neste ano. Ele está emprestado pelo Racing (ARG) ao Deportivo Cali (COL), que já sinalizou que vai exercer a opção de compra - o valor é inferior a 1 milhão de dólares. Isso não significa, porém, que o Tricolor não tenha chances de contratá-lo. Na semana passada, um dirigente do clube colombiano veio ao Brasil para conhecer o Morumbi e avisou à diretoria são-paulina que pode revender o jogador. O preço, então, subiria para algo entre 2 e 3 milhões de dólares.

Na visão de Cuca e seus auxiliares, é um investimento que o São Paulo deve fazer. Os argumentos: Dinenno preenche exatamente as características que o técnico quer e é jogador "de Europa", com potencial de revenda com lucro grande em poucos meses.

Juan Dinenno é o 9 que Cuca pediu à diretoria - FOTO: Deportivo Cali
Juan Dinenno é o 9 que Cuca pediu à diretoria - FOTO: Deportivo Cali
Foto: LANCE!

O diretor de futebol Raí admitiu no último domingo que está em busca de um jogador para a posição, mas disse não haver nenhum nome em pauta. Ele foi convencido por Cuca de que é preciso ir ao mercado mesmo após as contratações de Pablo, que se recupera de cirurgia na lombar, e Pato, que prefere não atuar como centroavante.

O São Paulo também está atento ao mercado para reforçar a lateral direita durante a pausa para a Copa América. Cuca acredita que, com Dinenno e mais um lateral experiente, o elenco estará pronto para disputar o título brasileiro - e o da Copa do Brasil, caso consiga a virada contra o Bahia na semana que vem.

O técnico tem gostado das atuações de Igor Vinícius, mas acredita que o jovem de 21 anos ainda precisa amadurecer. Outro que tem sido utilizado na posição é Hudson, volante de origem, que geralmente contribui pouco ofensivamente.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade