1 evento ao vivo

Criciúma menos ameaçado e Avaí 'por um fio': chances de catarinenses serem rebaixados

Cálculo leva em consideração tanto quedas da Série A para a Série B bem como da Série B para a Série C

10 set 2019
09h34
atualizado às 09h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Se no ano passado o futebol do estado de Pernambuco encarou uma série de quedas e resultados frustrantes para os três principais clubes da região (Sport, Santa Cruz e Náutico), nesse ano o estado que corre risco de viver esse mesmo fenômeno é Santa Catarina.

LIAMARA POLLI/AM Press/Lancepress!
LIAMARA POLLI/AM Press/Lancepress!
Foto: Lance!

A situação mais desesperadora até então está justamente na elite com as campanhas desastrosas de Chapecoense e Avaí, respectivamente em penúltimo e último lugar na tabela de classificação.
Segundo cálculo feito pelo Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Azzurra tem nesse momento 89,5% de chance de retornar a Série B para 2020 e a Chape vem logo na sequência com 70,2%.

Na segunda divisão, a situação está complicada, porém em menor nível. Em 17° com 22 unidades, o Figueira tem 50% de chances de não jogar a Série B na próxima temporada enquanto o Tigre, na 15ª posição com 23 pontos, tem 35% de chances.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade