0

Coritiba pressiona, mas fica no empate com o Londrina

Verdão teve o domínio ao longo dos 90 minutos, perdeu pênalti e não conseguiu furar a retranca do rival

9 mai 2019
23h35
  • separator
  • 0
  • comentários

No Couto Pereira, Coritiba pressionou o Londrina de todos os jeitos, mas não conseguiu tirar o zero do placar. Com o resultado, o Coxa fica na quarta colocação, com cinco pontos. O Tubarão é o vice-líder, com sete pontos.Na próxima rodada, o Coritiba visita o CRB, no Rei Pelé. Enquanto isso, o Londrina recebe o Bragantino, no estádio do Café.

Gustavo Oliveira/Londrina
Gustavo Oliveira/Londrina
Foto: Lance!

O confronto

A etapa inicial teve grande domínio do Coritiba. Empurrado pela torcida, o Verdão explorava a bola aérea e tentava encurralar o Tubarão dentro da própria área.

Em dois momentos o Coxa por muito pouco não abriu o marcador. No primeiro, Wellinton Júnior dominou a bola na grande área e bateu firme. A pelota triscou a trave e a torcida lamentou. Na segunda, Giovani bateu escanteio fechado e o poste impediu o gol do Coritiba.

Um dos mais inspirados no setor ofensivo, Wellinton Júnior voltou a assustar o Londrina. Desta vez, o camisa 18 arriscou de fora da área e Matheus Albino pegou.

Nos acréscimos a melhor chance do Coritiba. O goleiro do Tubarão errou no tiro de meta, Rodrigão recuperou, avançou sem marcação e tentou encobrir Matheus Albino, que defendeu a finalização.

No segundo tempo o Coxa veio para uma pressão incrível. Em apenas sete minutos, três chances foram criadas. A mais clara veio com Wellinton Júnior, que aproveitou uma sobra da zaga e exigiu ótima defesa do goleiro.

Aos 19 minutos a chance do jogo para o Coritiba veio em cobrança de pênalti. O zagueiro derrubou Rodrigão e o árbitro apontou para a marca da cal. Na cobrança, Rodrigão tirou tanto do goleiro que acertou a trave.

Em rara chance do Londrina, Higor Leite puxou o contra-ataque, invadiu a grande área e bateu forte. Wilson pulou e viu a bola passar perto do poste.

Nos minutos finais, o Coxa manteve o domínio, porém o cansaço e a falta de paciência atrapalhava na hora de concluir as jogadas e o Tubarão segurou o empate no marcador.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade