1 evento ao vivo

Corinthians: volta de Carille e time reforçado na busca pelo tri paulista

Timão tenta conquistar três vezes seguidas o Paulistão, feito que não consegue há 80 anos. Para 2019, Fábio Carille retorna ao comando da equipe após seis meses no Al Wehda (SAU)

17 jan 2019
07h03
atualizado às 07h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians tenta repetir um feito que aconteceu apenas três vezes: ser tricampeão paulista. A última vez que o Timão conquistou o estadual em três edições seguidas foi há 80 anos, em 1937/38/39. Antes disso, já havia faturado o tri em duas oportunidades: 1922/23/24 e 1928/29/30.

Maior campeão paulista, com 29 títulos, o Corinthians conta com a volta do técnico Fábio Carille, que ficou cerca de seis meses no Al Wehda (SAU), e uma equipe reforçada para 2019 (veja na galeria acima as contratações).

PROVÁVEL TIME:

Carille em treino do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr)

O técnico Fábio Carille disse que pretende escalar o Corinthians no 4-2-3-1. Durante a pré-temporada, o treinador ainda não pôde contar com todos os jogadores, e reforços ainda devem chegar. A principal dúvida é na zaga, já que Pedro Henrique, Léo Santos e Marllon treinaram como titulares ao lado de Henrique, enquanto Manoel deve ficar à disposição nas próximas semanas.

A provável equipe tem: Cássio, Fagner, Henrique, Manoel e Danilo Avelar; Richard (Ralf) e Ramiro; André Luis, Jadson e Sornoza; Boselli (Gustagol).

ANÁLISE:

Elenco teve reforços (Foto: Daniel Augusto Jr)

Após um fim de 2018 deprimente, tendo corrido até risco de rebaixamento no Brasileirão, o Corinthians teve diversas mudanças para 2019. A começar pela comissão técnica comandada por Fábio Carille, que certamente foi o reforço mais festejado pela Fiel.

Em relação aos jogadores, o Corinthians agiu bem no mercado. Mauro Boselli chega para suprir a lacuna no comando de ataque deixada por Jô, que saiu no fim de 2017, e ainda tem Gustagol como opção. Ramiro teve grande destaque pelo Grêmio, e Sornoza chega para ajudar na criação ao lado (ou na vaga) de Jadson. Esses foram os principais destaques do Timão nesta janela de transferência.

Com todas essas mudanças, é possível esperar uma equipe competitiva que brigará pelo título. No amistoso contra o Santos, deu para ver que Carille repetirá a fórmula que deu certo em 2017 e 2018: time compacto, que se fecha bem e sai rapidamente em contra-ataque.

Além de uma equipe boa no papel, o Corinthians também tem um elenco que dá opções a Carille. Do meio para frente, dá para dizer que o Timão tem ao menos dois jogadores bastante úteis por posição. Certamente vai dar trabalho não só no Paulistão, como na Sul-Americana, Copa do Brasil e Brasileirão.

AGENDA:

Timão estreia em casa, contra o São Caetano (Foto: Divulgação)

O Corinthians estreia no Paulistão neste domingo, contra o São Caetano, na Arena em Itaquera. Entre os cinco primeiros jogos, o Timão faz três em casa. O primeiro clássico será na quinta rodada, diante do Palmeiras, no Allianz Parque.

Veja os cinco primeiros jogos:

1ª rodada: Corinthians x São Caetano - 20/1 - Arena Corinthians

2ª rodada: Guarani x Corinthians - 23/1 - Brinco de Ouro

3ª rodada: Corinthians x Ponte Preta - 27/1 - Arena Corinthians

4ª rodada: Corinthians x Red Bull Brasil - 30/1 - Arena Corinthians

5ª rodada: Palmeiras x Corinthians - 2/2 - Allianz Parque

Veja quando serão os outros clássicos:

7ª rodada: Corinthians x São Paulo - 17/2 - Arena Corinthians

10ª rodada: Corinthians x Santos - a definir

O MAIOR CAMPEÃO PAULISTA:

Timão já levantou 29 vezes o troféu do Paulistão (Foto: Divulgação)

O Corinthians é o maior campeão paulista, com 29 títulos. Na sequência vêm Santos e Palmeiras, com 22 cada, enquanto o São Paulo tem 21. Veja abaixo os anos em que o Timão conquistou o estadual:

1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937, 1938, 1939, 1941, 1951, 1952, 1954, 1977, 1979, 1982, 1983, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2009, 2013, 2017 e 2018

O REGULAMENTO DO PAULISTÃO:

(Foto: Reprodução/FPF TV)

O Campeonato Paulista 2019 será disputado por 16 equipes e em quatro fases. Na primeira delas, os clubes participantes foram divididos em quatro grupos e jogarão em turno único apenas com adversários das outras chaves. No Grupo C, além do Corinthians, estão Bragantino, Ferroviária e Mirassol.

Ao fim das 12 rodadas, os dois melhores de cada grupo avançarão para as quartas de final, respeitando os seguintes critérios de desempate: 1) maior número de vitórias; 2) melhor saldo de gols; 3) maior número de gols marcados; 4) menos cartões vermelhos; 5) menos cartões amarelos; 6) sorteio. As duas equipes com pior campanha na primeira fase serão rebaixadas para a Série A-2 do Paulistão 2020.

Nas fases de quartas de final, semifinal e final, os jogos serão disputados no sistema mata-mata com partidas de ida e volta. Caso haja igualdade de pontos e também no saldo de gols nestes jogos, o vencedor será decidido após a cobrança de pênaltis. Sendo assim, não haverá o critério do gol marcado fora de casa.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade