0

Corinthians tem postura ofensiva e mostra que pode mudar estilo de jogo

Depois de ser muito criticado pelos desempenhos de sua equipe, Carille começa a dar mostras de que pode escalar um time mais ofensivo após derrotar o Lara em Itaquera

23 mai 2019
21h49
atualizado às 21h50
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians abriu uma boa vantagem contra o Deportivo Lara no confronto da segunda fase da Copa Sul-Americana. Com gols de Vagner Love e Gustagol, o time deixou sua arena com uma vitória, por 2 a 0, e agora pode até perder por um gol de diferença na Venezuela para o jogo de volta. A impressão que fica é que o time de Fábio Carille começa a se reencontrar na temporada, apesar da atuação não ter sido tão boa quanto o esperado.

Jogadores comemoram um dos dois gols feitos no Deportivo Lara nesta noite (AFP)
Jogadores comemoram um dos dois gols feitos no Deportivo Lara nesta noite (AFP)
Foto: Lance!

Em casa e apoiado por quase 30 mil torcedores na Arena Corinthians, o time comandado pelo técnico Fábio Carille demorou a deslanchar. No primeiro tempo, foram mais de 13 finalizações e algumas chances desperdiçadas, principalmente com Júnior Urso, de cabeça, e com Pedrinho próximo à marca do pênalti.

Escalado com Jadson na vaga que geralmente é ocupada por Sornoza, o Corinthians foi mais ofensivo que o habitual. O time chegou ao ataque pelo lado direito, com boas triangulações de Pedrinho e Fagner, e pelo lado esquerdo, com Danilo Avelar e Clayson. Os gols, no entanto, não vieram.No segundo tempo, Carille mandou o time para cima. Tirou Ralf e colocou Gustagol. A mudança deu certo e o Corinthians fez os dois gols da partida, ambos de cabeça, com Love aproveitando cruzamento de Fagner e, depois, com Gustavo ao receber passe na medida de Danilo Avelar.

É claro que há uma diferença técnica grande entre brasileiros e venezuelanos. O Deportivo Lara não demonstrou muito perigo ao gol defendido por Cássio e limitou-se a defender. Por isso, o resultado poderia ter sido mais amplo para a equipe paulista, que finalizou 23 vezes ao todo.

Mesmo assim, depois de ser muito criticado por torcida e imprensa especializada pelas atuações ruins do Corinthians, Fábio Carille começa a dar mostras de que pode soltar mais a equipe e ter uma postura ofensiva. Ainda há erros, muitos aliás, mas a tendência é de melhora.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade