0

Corinthians registra sua pior campanha como mandante no Brasileirão desde o rebaixamento

Em 2020, Timão não só teve seu pior aproveitamento na Neo Química Arena, como também deixou a desejar no Campeonato Brasileiro. Índice é o mais baixo desde a edição de 2007

23 fev 2021
08h01
atualizado às 11h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A temporada do Corinthians não foi boa, apesar de momentos interessantes e de superação, o contexto geral foi muito abaixo da grandeza do clube e provas disso acabam aparecendo nos números. Uma delas é o aproveitamento do time como mandante no Brasileirão. Sempre trunfo para o clube, o retrospecto corintiano em casa foi o pior no campeonato desde o ano do rebaixamento.

Empate em 0 a 0 com o Vasco confirmou a campanha ruim do Timão em casa (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Empate em 0 a 0 com o Vasco confirmou a campanha ruim do Timão em casa (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

No último domingo, após o empate em 0 a 0 com o Vasco, o Timão fechou o ano com seu pior aproveitamento na Neo Química Arena desde a inauguração do estádio. Entre as explicações mais plausíveis está a falta da torcida nas arquibancadas, mas os números têm caído ano após ano, o que indica também a queda de rendimento da própria equipe, que não tem sido das melhores.

Tanto é que esses índices ruins apresentam impactos que não são comuns recentemente para o Corinthians, como aconteceu no Campeonato Brasileiro. Após 19 jogos em casa, foram oito vitórias, sete empates e quatro derrotas, aproveitamento de 54,4% dos pontos disputados. Uma campanha claramente muito ruim diante do histórico do clube nesse quesito na competição nacional.

Para buscar uma campanha do Timão como mandante pior do que essa, foi preciso voltar 13 anos no tempo, ou seja, para o Campeonato Brasileiro de 2007, aquele que o corintiano quer esquecer por conta do rebaixamento para a Série B. Foi naquela edição que o clube teve seu pior aproveitamento em casa na era dos pontos corridos. Após 19 partidas, foram seis vitórias, sete empates e seis derrotas, conquistando apenas 43,9% dos pontos disputados.

Anteriormente, a pior campanha nesse período era a de 2009, quando o time voltou a disputar a Série A. Naquele ano, o Corinthians fez os 19 jogos como mandante, dez vitórias, dois empates e sete derrotas, aproveitamento de 56,1%. No ano seguinte, em 2010, o clube teve seu segundo melhor desempenho em casa nos pontos corridos, com 82,5% de aproveitamento, um pouco melhor do que os incríveis 87,7% de 2015, com apenas uma derrota.

Chama a atenção o desempenho de 2020, já que mesmo em outros anos de dificuldade, como 2016 e 2018, o aproveitamento superou os 60%, que eram raridade na década anterior e passaram a ser comuns na seguinte, que foi a mais vitoriosa e importante da história do clube. A esperança do corintiano é que esta temporada tenha realmente sido exceção e a volta do público resolva o problema que parece ter tirado munição de uma grande arma alvinegra.

Confira os aproveitamentos do Corinthians em casa no Brasileirão desde 2003:

Brasileirão-2020 - 54,4%

Brasileirão-2019 - 64,9%

Brasileirão-2018 - 61,4%

Brasileirão-2017 - 71,9%

Brasileirão-2016 - 64,9%

Brasileirão-2015 - 87,7%

Brasileirão-2014 - 73,7%

Brasileirão-2013 - 57,9%

Brasileirão-2012 - 63,2%

Brasileirão-2011 - 71,9%

Brasileirão-2010 - 82,5%

Brasileirão-2009 - 56,1%

Brasileirão-2007 - 43,9%

Brasileirão-2006 - 52,6%

Brasileirão-2005 - 66,7%

Brasileirão-2004 - 53,6%

Brasileirão-2003 - 53,6%

Veja também:

Flamengo encostou no Palmeiras! Confira o ranking de maiores campeões nacionais do Brasil
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade