1 evento ao vivo

Corinthians luta até o fim, mas perde para Franca em sua estreia no NBB

Francanos são superiores na maior parte da partida, mas no último quarto jogo ganha em emoção e Timão encosta no placar, que acaba 83 a 80 para equipe visitante

16 out 2018
22h06
atualizado em 17/10/2018 às 00h18
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians não conseguiu sua primeira vitória na disputa do NBB, após conquistar o título da Liga Ouro. Nesta terça-feira, o Timão lutou até o fim, mas saiu derrotado por 83 a 80 pelo Sesi Franca, no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, em São Paulo. O armador Fuller, da equipe corintiana, foi até o cestinha da partida, com 24 pontos. Por outro lado, Lucas Dias, Didi e David Jackson fizeram a diferença para o triunfo francano.

Agora, o próximo duelo do Corinthians será contra o Paulistano, na sexta-feira, às 21h10, em São Paulo. No sábado, o Franca recebe o Botafogo, às 14h, no Ginásio em Franca.

Equilíbrio em jogo
O duelo entre Corinthians e Franca começou bem estudado. A defesa dos francanos apresentava dificuldades, assim como o setor ofensivo tinha baixa capacidade de finalização. O Timão, com boa recomposição, não forçou muito para entrar a frente do placar. Somente no fim do quarto, a partida ficou aberta e as duas equipes aproveitaram a situação, e consequentemente, o Touro diminuiu a diferença: 23 a 21.

Crescimento dos visitantes
Na volta para o segundo quarto, o Corinthians voltou com mais dificuldades, estourou o limite de faltas e pecou nas falhas individuais. A equipe francana, por sua vez, reforçou a defesa, bom aproveitamento no ataque e tramas rápidas. E quem se destacou foi o garoto Didi, de apenas 19 anos, com 14 aplicados. Além dele, a entrada do norte-americano , David Jackson também deu consistência ofensiva. Com isso, o placar também se alterou: 44 a 36.
Timão tenta, mas defesa francana é resiliente
Na segunda etapa, a equipe comandada por Bruno Savignani voltou mais ligada. Em contrapartida, o Touro também retornou com o mesmo ímpeto do segundo quarto. Fuller e David Jackson se destacaram para buscar a vitória para os seus times. No caso, melhor para os visitantes: 62 a 55. O último quarto prometeu emoção.

Final emocionante
Dito e feito. Logo nos primeiros minutos, o Timão, com Fuller, arrancou seis pontos e a diferença caiu para um. Com o alto desempenho, a virada foi questão tempo, e foi o que aconteceu. Mas a vantagem do Franca adquirida nos últimos quartos, foi fundamental para lutar pela vitória, e ainda a recuperação do estilo de jogo para retomar à liderança do marcador e cravar o triunfo com muito esforço.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade