0

Corinthians joga mal, perde para o Independiente e vê grupo embolar

Timão perde pela primeira vez nesta Libertadores, por 1 a 0, na Arena, continua na liderança do Grupo 7, mas vê rivais se aproximarem. Todos têm chance de classificação

2 mai 2018
23h44
atualizado às 23h50
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians estava em situação confortável no Grupo 7, mas viu tudo ficar embolado por conta da derrota por 2 a 1 para o Independiente (ARG), na noite desta quarta-feira, na Arena em Itaquera. Em meio à maratona de jogos, o Timão demonstrou desgaste, não teve uma boa atuação e perdeu pela primeira vez nesta Libertadores.

Independiente abre o placar com um minuto de jogo e bate o Corinthians na Arena por 2 a 1 (Foto: Luis Moura / WPP)
Independiente abre o placar com um minuto de jogo e bate o Corinthians na Arena por 2 a 1 (Foto: Luis Moura / WPP)
Foto: Lance!

Embora ainda esteja na liderança do Grupo 7, com sete pontos, o Corinthians viu o Independiente chegar a seis pontos, assim como o Deportivo Lara (VEN). Além disso, o Millionarios (ARG) tem quatro pontos e segue vivo, apesar de ser o lanterna.

Na próxima rodada, o Timão visita o Deportivo Lara, enquanto o Millionarios recebe o Independiente. Está tudo embolado!

Mas já?
O Independiente conseguiu marcar com um minuto e meio de jogo. Após boa triangulação pelo lado direito, Mesa recebeu na área e chutou para a boa defesa de Cássio. No rebote, Benítez estava sozinho para abrir o placar. Foi o primeiro gol sofrido pelo Timão na Libertadores.

Pressão
Parecia que o jogo era na Argentina. Nos primeiros minutos, o Independiente não deixou o Corinthians respirar, mesmo já tendo a vantagem no placar, e teve boas chances de ampliar. Sempre pelo seu lado direito, nas costas de Sidcley, o Rojo levou perigo, viu Cássio salvar e depois ainda acertou o travessão, em desvio contra de Balbuena.

Era questão de tempo...
A pressão do Independiente continuou, com o Corinthians perdido em campo. Aos 24 minutos, após cobrança de escanteio pelo lado esquerda, Romero marcou contra. Fazia tempo que o Timão não jogava tão mal...

Paraguaio se redime
Após o gol contra, Romero se redimiu em um gol "achado" pelo Corinthians, que era muito pior em campo. Balbuena deu boa enfiada de bola para seu compatriota, que girou e deixou Jadson na cara do gol para diminuir o placar, aos 31 minutos.

Mudanças no Timão
Em busca do empate, Carille colocou Marquinhos Gabriel no lugar do apagadíssimo Mateus Vital e deixou o Corinthians no 4-3-1, com Romero avançado. O Timão melhorou no segundo tempo e começou a criar oportunidades, enquanto o Independiente, enfim, parou de deitar e rolar pelo lado direito. Aos 17, Carille ousou ao colocar Pedrinho na vaga de Sidcley. Com isso, Maycon foi para a lateral esquerda, e o Timão passou a atuar no 4-1-4-1.

O que é isso, Sheik?
O atacante de 39 anos conseguiu ser expulso sem nem ter pegado na bola. Ele entrou aos 33 e foi expulso dois minutos depois por ter dado um pontapé em Sanchez Miño, na frente do árbitro. O veterano agiu como juvenil e enterrou a chance de o Timão buscar o empate no dia que estreou seu novo uniforme para a temporada.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 2 INDEPENDIENTE
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 2/5/2018 - 21h45
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Auxiliares: Jonny Bossio (PER) e Victor Raez (PER)
Público/renda: 34.287 pagantes/R$ 2.415.956,35
Cartões amarelos: Figal, Silvio Romero, Meza, Amorebieta e Sánchez Miño (IND)
Cartões vermelhos: Emerson Sheik, aos 35'/2ºT (COR)
Gols: Martín Benítez (1'/1ºT) (1-0), Romero (contra) (24'/1ºT) (0-2), Jadson (31'/1ºT) (1-2),

CORINTHIANS: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley (Pedrinho, aos 17'/2ºT); Gabriel e Maycon; Romero, Jadson (Emerson Sheik, aos 33'/2ºT), Rodriguinho e Mateus Vital (Marquinhos Gabriel, no intervalo). Técnico: Fábio Carille.

INDEPENDIENTE: Campaña; Franco, Figal e Amorebieta; Bustos, Diego Rodríguez (Gaibor, aos 34'/2ºT), Domingo e Sánchez Miño; Meza, Martín Benítez (Gastón Silva, aos 26'/2ºT) e Silvio Romero (Gigliotti, aos 40'/2ºT). Técnico: Ariel Holan.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade