5 eventos ao vivo

Corinthians anuncia entrada no eSports e apresenta seu time de Free Fire

Conheça os jogadores que irão vestir a camisa do Timão na Free Fire Pro League Brazil Season 3

14 out 2019
16h08
atualizado às 18h29
  • separator
  • 0
  • comentários

O Corinthians anunciou a sua entrada no cenários dos esportes eletrônicos. O primeiro time do clube será para participar da Free Fire Pro League Brazil Season 3. A organização confirmou a sua entrada oficial para os eSports, geralmente como são chamados os esportes eletrônicos, no início deste mês de outubro.

A escalação para o jogo da Garena conta com Luciano Fausto, Samuel "Level Up 007" Lima, Bruno "Nobru" Goes, Carlos "Fixa" César, Douglas Pires e Genildo "Japa" André. A iniciativa de entrar no cenário vem de uma parceria entre o Timão com a Immortals Gaming Club.

Os integrantes da equipe do Corinthians são antigos membros da "Bando de Loucos" (BDL), nome que já fazia referência à torcida corinthiana. Os jogadores disputam a fase de grupos da Free Fire Pro League Brazil Temporada 3 e estão na briga por uma vaga na final. A decisão do torneio irá acontecer no dia 9 de novembro no Rio Centro, no Rio de Janeiro.

O campeonato está valendo uma vaga para o Mundial, que irá acontecer dia 16 de novembro, também no Rio de Janeiro. Samuel "Level Up 007" Lima é um dos grandes destaques e promessas do time. O jogador e streamer foi um dos convocados para representar o Brasil no Streamers Showdown. Um torneio mundial do modo Contra Squad onde os brasileiros foram campeões. Essa disputa aconteceu no fim de setembro em Bangkok, na Tailândia.

Corinthians e clubes tradicionais nos esportes eletrônicos

O Timão, antes de ter uma equipe de Free Fire no cenário dos eSports, já havia lançado um time de League of Legends (LoL) em 2017. Na época, a parceria para atuação no cenário foi com a RED Canids, porém, o projeto não deu muito certo.

Além disso, existem rumores de que o Corinthians deve anunciar em breve uma equipe de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), mas até o momento a assessoria do Timão não confirmou a informação.

O crescimento do mercado dos esportes eletrônicos cresceu bastante e atraiu bastante clubes de esportes tradicionais. Entrar no cenário dos eSports é uma tendência que está sendo cada vez mais seguida por times de grande, médio e pequeno porte.

Alguns clubes conseguem sucesso ao misturar a paixão do futebol com a intensidade dos jogos e abraçam modalidades como Counter-Strike: Global Offensive, League of Legends, FIFA, Pro Evolution Soccer (PES), etc.
A organização segue os exemplos de outros clubes tradicionais de esportes que estão investindo nos jogos eletrônicos como:

Flamengo

O time do Flamengo entrou para o cenário dos esportes eletrônicos em 2017 e, desde então, aposta fortemente na sua equipe de League of Legends. O seu principal jogador e figura central é Felipe "brTT". Além disso, no cenário o time Rubro-Negro conquistou três vice-campeonatos nas três competições da Riot Games, desenvolvedora do jogo, que já disputou. Estes torneios foram o 1º Split do Circuito Desafiante 2018, o 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2018, e o 1º Split do CBLoL 2019.

O time do Flamengo acabou de representar o Brasil no Mundial de League of Legends deste ano de 2019, mas infelizmente foi eliminado na Fase de Grupos.

Corinthians anuncia entrada no eSports e apresenta seu time de Free Fire - Foto: Divulgação
Corinthians anuncia entrada no eSports e apresenta seu time de Free Fire - Foto: Divulgação
Foto: Lance!

BrTT no jogo do Flamengo no CBLoL - Foto: Riot Games

Athletico-PR

O time do Athletico-PR entrou para o cenários dos eSports no ano de 2017 em parceria com a Furacão E-sports, que virou o nome do time do clube no cenário. A atuação é com um time oficial nos campeonatos de FIFA. Sendo assim, o clube paranaense atua apenas no simulador de futebol da EA Sports, na categoria Pro Clubs.

Furacão entrou apostando no FIFA - Foto: Divulgação Athletico PR

Goiás

O clube do Goiás também iniciou sua carreira nos eSports em 2017. Isso aconteceu com Lucas "Lucasrep" e Lucas Tabata representando o time ao longo de um ano. Vestindo a camisa do Esmeraldino, Lucasrep foi considerado o melhor jogador brasileiro na FIFA Interactive World Cup 2017, o Mundial de FIFA 17.

Lucasrep durante a disputa da FIWC Americas - Foto: Divulgação Fifa

Santos

Assim como outros clubes, o Santos entrou nos eSports em parceria com uma organização do mercado. Em um acordo com a Dexteriry, foram formadas equipes no League of Legends, CS:GO e Rainbow Six Siege. Infelizmente, o clube não teve bons momentos de sucesso, mas muitos jogadores importantes tiveram sua passagem por lá. Jogadores como Rafael "pava" e Paulo "land1n" na line-up de CS:GO.

Além disso, o trio que formou a base da FaZe Clan no Rainbow Six Siege, Gabriel "cameram4n", Leonardo "Astro" e Guilherme "gohaN", também passou pelo clube do Santos nos esportes eletrônicos. Já em 2018, o Peixe encerrou as suas relações com a Dexterity e iniciou uma parceria com a Select Esports. Sendo assim, as modalidades de CS:GO, tanto masculino quanto feminino, Rainbow Six e League of Legends, foram reativadas.

Ademais, a equipe feminina se destacou como uma das melhores do Brasil no FPS da Valve.

Vasco

A entrada do Vasco nos esportes eletrônicos começou a ter suas primeiras notícias em agosto do ano passado. Isso aconteceu quando o vice-presidente de marketing do clube, Bruno Maia, indicou que existia a vontade de começar a competir a partir deste ano de 2019.

Ele apontou:
- Estamos estruturando a forma do Vasco entrar ao longo de 2019. Estamos conversando com empresários, times e jogadores para montar o melhor jeito de entrarmos. Entendo como aplicar os valores históricos do clube e também como um business importante.

Além disso, essa pontuação foi feita no mesmo dia em que o time do Vasco foi anunciado como um dos cinco clubes brasileiros exclusivos na versão 2019 do Pro Evolution Soccer (PES), simulador de futebol da Konami.

Já no mês seguinte, a ESPN Esports Brasil fez uma apuração indicando que, por meio de um estudo que durou oito meses, o clube concluiu que é possível investir sem precisar usar as receitas voltadas ao futebol.

Por fim, sabe-se que a entrada do Vasco nos esportes eletrônicos será realizada por meio de etapas. A primeira será para a criação de equipes profissionais, seguida da que envolverá a construção de um Centro de Treinamento em São Januário. A última fase terá o foco na organização de torneios pela internet e formação da base.

Vasco planeja entrar nos eSports - Foto: Divulgação

Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou a sua entrada nos eSports no mês passado e agora tem o nome dos jogadores que irão representar o clube no FIFA 20. Para o PlayStation 4 (PS4) será o jogador mineiro Guilherme "Guigonzc" Gozanga e para o Xbox One será o paulista Josaci "Senna do Boné" Senna. Ambos os jogadores são bastante conhecidos na comunidade e foram escolhidos a dedo pelo time da Raposa. Eles têm contrato assinado até o fim da temporada competitiva do simulador de futebol da EA Sports.

Além do mais, Senna é um dos jogadores profissionais brasileiros de FIFA com a maior base de fãs da comunidade. Ele já chegou a atingir 60 mil inscritos em seu canal da Twitch e tem atualmente quase 18 mil no Mixer. Ademais, ele tem 28,5 mil seguidores no Twitter.

Quando falamos do campo de futebol virtual, em 2017 ele foi campeão da E-Cup no Beira-Rio vencendo do argentino Nicolas "nicolas99fc", um dos maiores jogadores do mundo. Senna conseguiu essa conquista alguns meses depois de ter disputado um Mundial pela primeira vez, a FIFA eWorld Cup.

Já o mineiro, Guilherme, é torcedor do Cruzeiro e chegou a disputar um campeonato internacional do circuito oficial do FIFA 19 vestindo a camisa do clube. Até o momento, o maior resultado da carreira do jogador foi ter vencido a seletiva brasileira para a FIFA Interactive World Cup (FIWC) de 2013.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade