0

Corinthians abre semana de treinos nos Estados Unidos

Tiago Nunes deu prosseguimento aos trabalhos de pré-temporada do Timão. Treinador separou o elenco em grupos e pediu atenção especial na marcação-pressão

13 jan 2020
17h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Nesta segunda-feira, o Corinthians fez seu primeiro treino nos Estados Unidos. Desfalcada apenas do atacante Madson, que resolve pendências de seu visto de entrada no país norte-americano, e do lateral Michel Macedo, que ficou em São Paulo fazendo um trabalho de reequilíbrio muscular, a comissão técnica do Timão passou exercícios de marcação-pressão e atividades específicas para cada posição do elenco.

Corinthians fará dois amistosos nos Estados Unidos: New York City FC e Atlético Nacional (Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)
Corinthians fará dois amistosos nos Estados Unidos: New York City FC e Atlético Nacional (Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)
Foto: Lance!

Em um trabalho de pouco mais de duas horas - como tem sido desde o início da pré-temporada - o técnico Tiago Nunes dividiu os jogadores em vários grupos e comandou uma atividade em campo reduzido, dando ênfase para os passes e também para a marcação-pressão sem a bola.Depois, na parte final do treino, o treinador do Corinthians separou os jogadores por posição e comandou atividades específicas para cada grupo. Enquanto os atacantes calibravam a pontaria nas finalizações, os zagueiros e laterais acertavam o posicionamento e a movimentação na saída de bola.

O atacante Everaldo não treinou com o restante do grupo. Ele segue recuperando a forma física após passar por cirurgia para a correção de uma pubalgia no fim da última temporada. Já o zagueiro Léo Santos, que operou o joelho, trabalhou a parte física e volta aos treinos com bola depois do início do Campeonato Paulista.

Na próxima quarta, o Corinthians faz seu primeiro jogo da temporada 2020. No Explora Stadium, casa do Orlando City, o Timão mede forças com o New York City FC. O técnico Tiago Nunes escalará uma formação diferente em cada tempo para dar ritmo de jogo aos atletas. O duelo com os norte-americanos será disputado às 20h (horário de Brasília).

Veja também:

Estudo mostra os clubes que mais faturaram grana da TV de 2010 a 2019
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade